Competências gerenciais na percepção dos gestores no contexto do Programa Estadual DST/AIDS SÃO PAULO

Autores

  • Djair Picchiai EAESP/FGV e FACCAMP
  • Maria Aparecida de Brito UniFACCAMP

DOI:

https://doi.org/10.36311/2447-780X.2020.v6.n1.06.p69

Palavras-chave:

Gestão Pública, Modelo de gestão, Competências gerenciais

Resumo

Este estudo buscou compreender as competências gerenciais do corpo diretivo de uma instituição pública de saúde reconhecida como referência para o estado de São Paulo e modelo único na América Latina. Buscou também, responder as questões: quais competências gerenciais fazem parte das atividades gerenciais da instituição estudada, na ótica de seus diretores? Quais iniciativas de desenvolvimento de competências gerenciais têm sido adotadas pela instituição? Para tanto, foi realizado um estudo de caso do Programa Estadual Dst/Aids São Paulo, que investigou seu corpo diretivo por meio de dois instrumentos, um questionário e um roteiro de entrevistas aplicadas em seu ambiente de trabalho. As competências foram classificadas conforme modelo teórico preconizado por Quinn (2003). Como contribuição científica o estudo detectou a necessidade de inclusão da competência humanização no modelo teórico, para análise de instituições públicas de saúde. Evidenciou-se a presença de todas as competências previstas no modelo teórico em diferentes níveis. O programa está inserido no modelo relações humanas. Foram identificadas as competências gerenciais dos gestores do programa e as lacunas de desenvolvimento de competências gerenciais que se recomendam que sejam supridas.

Recebido: 05/11/2019
Aceito: 25/09/2020

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Djair Picchiai, EAESP/FGV e FACCAMP

Doutor em Administração de Empresas (1991) e Mestre em Administração Pública (1983), ambos pela Escola Brasileira de Administração Pública da Fundação Getúlio Vargas. Professor da Fundação Getúlio Vargas – EAESP-FGV do Departamento de Administração Geral e Recursos Humanos 1987-2019. Tem experiência na área de administração, com ênfase em administração estratégica e de pequenos negócios, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão estratégica, estrutura organizacional, gestão de pessoas, organização, administração hospitalar e gestão pública.

Maria Aparecida de Brito, UniFACCAMP

Mestre em Administração pela FACCAMP e Graduada em Administração e Especialização em Gestão Contemporânea pela Escola de Governo/FUNDAP e Gestão Empresarial de Serviços de Saúde pela Universidade Anhembi Morumbi (2005). Atualmente é Docente do curso de Administração e TGRH da Faculdade Zumbi dos Palmares. Tem experiência na área de Gestão de Pessoas com ênfase em Administração de pessoal, na área de Gestão de Projetos.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa