Estudo das causas de retenção e evasão na disciplina de química geral no curso de física do IFCE – Campus Tianguá

Autores

  • Jackson Nunes e Vasconcelos INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - CAMPUS TIANGUÁ
  • José Wagner de Almeida Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - campus Aracati
  • Daniel Aguiar e Silva

DOI:

https://doi.org/10.36311/2447-780X.2020.v6.n2.06.p83

Palavras-chave:

Retenção. Evasão. Química. Física.

Resumo

A busca pela excelência acadêmica tem enfatizado a importância de diversas ações buscando impactos positivos na área educacional. Nesse contexto, é conhecido que, num curso como o de licenciatura em Física, dificilmente os licenciandos conseguem concluir sua formação no prazo previsto, podendo ainda procurar outros caminhos ou oportunidades. A evasão e a retenção em cursos de graduação são fenômenos complexos decorrentes de diferentes motivações e que necessitam ser estudados, buscando assim, possíveis falhas nos processos de ensino e aprendizagem. Este trabalho analisou, de forma não interventiva, estes fenômenos na disciplina de Química Geral, buscando identificar possíveis causas e estratégias para redução dos mesmos. Problemas como infraestrutura, transporte escolar, acolhimento dos estudantes, metodologia, condições econômicas, falta de afinidade com o curso e formação básica são alguns dos fatores descritos com um maior destaque negativo. A literatura relata que, em alguns casos, ações que aumentem o vínculo do estudante com a instituição, e que propiciem melhorias do ensino e de assistência estudantil são fundamentais e contribuintes para a redução da evasão e retenção dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-29

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa