Diretrizes curriculares de Pedagogia para formação em educação especial e altas habilidades/superdotação

Autores

  • Tatiana de Cassia Nakano Pontifícia Universidade Católica de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.36311/2358-8845.2020.v7n1.p117

Palavras-chave:

Educação, Formação de Professores, Formação Profissional, Trabalho docente

Resumo

O presente estudo teve, como finalidade, analisar as diretrizes curriculares do Ministério da Educação, estabelecidas para os cursos de graduação em Pedagogia, bem como os principais documentos normativos da área. Oito documentos foram lidos na íntegra, procurando por aspectos relacionados à educação especial, mais especificamente a existência de aspectos voltados à temática das altas habilidades/superdotação. Foi possível concluir que (1) a educação especial é, na maior parte dos documentos, tratada de forma geral, sem especificar qual tipo de estudante ela deve atender, (2) quando essa menção é explicitada, usualmente se refere a estudantes com déficits e transtornos, (3) altas habilidades/superdotação praticamente não são abordadas nos documentos. A partir dos documentos foi possível identificar que a concepção de educação especial é vista, na maior parte dos documentos, de forma restrita, limitando-se aqueles alunos que apresentam prejuízos em alguma área, excluindo os estudantes com potencial elevado.

Recebido em: 23 de julho de 2019
Aceito em: 21 de novembro de 2019

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana de Cassia Nakano, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Docente do Programa de Pós-graduação em Psicologia (PUC/Campinas); Atualmente encontra-se como Visiting Scholar na University of California – Berkeley, bolsista Fapesp; Pós-Doutorado na Universidade São Francisco (2009) e Doutorado em Psicologia como Profissão e Ciência (2006) pela PUC/Campinas. Pesquisadora Produtividade nível 2 CNPq; Membro colaborador do Conselho Brasileiro para Superdotação (CONBRASD, 2018-2020) e membro do grupo de trabalho Psicologia Positiva e Criatividade na ANPEPP

Downloads

Publicado

2021-03-16

Edição

Seção

Fluxo Continuo