FORMAÇÃO ESCOLAR PARA O TRABALHO NO ESTALEIRO ATLÂNTICO SUL – EAS

Autores

  • Andrea Maria Sales Faculdade de Ciências Humanas do Cabo de Santo Agostinho (FACHUCA)
  • Maria Grazia Cribari Cardoso Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2018.v11n1.01.p9

Palavras-chave:

Trabalho, Educação, Qualificação Profissional, Política Pública

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a influência do conhecimento técnico na formação do trabalhador direcionado para o trabalho do Estaleiro Atlântico Sul – EAS, no território de Suape, particularmente, a partir da reconfiguração do território de SUAPE motivada pelo Programa de Aceleração do Crescimento – PAC. Ao olhar as mudanças dos processos de trabalho, procuramos contribuir para o entendimento do trabalho na perspectiva de uma política pública de desenvolvimento territorial. Esse fato tende a modificar a relação entre trabalho e qualificação técnica, assim como o cotidiano das pessoas que vivem do trabalho assalariado numa área marcada pela configuração de políticas de assistência social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-09-13

Edição

Seção

Artigos