Formação de professores e homossexualidade aspectos do e para o trabalho na escola

Autores

  • Danilo Nobre Santos Unesp - Marília/SP

DOI:

https://doi.org/10.36311/2447-780X.2020.v6.n2.09.p127

Palavras-chave:

Educação; Formação de professores; Escola; Homossexualidade; Preconceito.

Resumo

O presente trabalho tem por finalidade apresentar resultados da analise desenvolvida sobre aspectos do trabalho da Escola com os alunos que têm uma orientação sexual distinta da heterossexualidade, isto é, alunos que se identificam com a homossexualidade. Uma vez que o quê se constata é um verdadeiro despreparo da parte dos professores e, muitas vezes, mesmo a prática da homofobia, carregada de silêncio, julgamentos, acusações e distanciamento por parte dos estudantes. Desse modo, este artigo assenta-se numa possível prática de formação para professores, bem como, pistas de ação e estratégias para um trabalho que privilegie o respeito e a acolhida, mediante um processo de sensibilização.

Submissão: 2019-01-25

Aceito: 2019-04-23

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-29

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa