DO NEOREALISMO AO CINEMA AUTORAL: A TRAJETÓRIA DE FEDERICO FELLINI NA PRIMEIRA DÉCADA COMO DIRETOR (1951-1960).

Autores

  • Rafaela Fernandes NARCISO

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2016.v9n1.08.p96

Palavras-chave:

Federico Fellini, Pensamento Social no Cinema, Universo Circense, Palhaços,

Resumo

Neste artigo iremos abordar a formação do modo de fazer cinema que será desenvolvido por Federico Fellini tomando por base os pressupostos do neorealismo cinematográfico italiano, do qual foi integrante. Através de análise do contexto social, político e cultural do cineasta, bem como de movimentos cinematográficos relevantes para a análise, buscaremos compreender a formação de um estilo crítico e humorístico que ficará conhecido em todo o mundo como felliniano. Estilo este que será desenvolvido através da influência do universo do circo e do palhaço e acabará presente não só nas obras e personagens de Fellini, mas também em sua visão de mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaela Fernandes NARCISO

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2016-11-25

Como Citar

NARCISO, R. F. DO NEOREALISMO AO CINEMA AUTORAL: A TRAJETÓRIA DE FEDERICO FELLINI NA PRIMEIRA DÉCADA COMO DIRETOR (1951-1960). Revista Aurora, [S. l.], v. 9, n. 01, 2016. DOI: 10.36311/1982-8004.2016.v9n1.08.p96. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/6477. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Miscelânea