Bioética & educação
PDF

Palavras-chave

medicalização
educação
vício
virtude

Como Citar

Bioética & educação: quando o fundamento da civilização encontra-se no estímulo ao vício. Revista Aurora, [S. l.], v. 5, p. 37–54, 2021. DOI: 10.36311/1982-8004.2012.v5n0.2362. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/2362.. Acesso em: 22 jun. 2024.

Resumo

Objetiva-se, com este breve ensaio, expor alguns elementos acerca do fenômeno crescente da medicalização de crianças e adolescentes como parte intrínseca do processo de ensino-aprendizagem. Trata-se, portanto, da tentativa de apreensão das múltiplas e contraditórias relações sociais de um tipo particular de fenômeno social – tido como biológico –, que cada vez mais impõe sua presença no espaço e na dinâmica escolar. Pode-se afirmar, com relativa certeza, que o fenômeno da medicalização tornou-se um dos elementos constitutivos do processo de ensino-aprendizagem e que, em larga medida, a sociabilidade infantojuvenil, cada vez mais depende de psicotrópicos. A partir de tal hipótese, buscar-se-á analisar o processo de saúde-doença presentes nas concepções, movimento e dinâmica daquilo que convencionalmente foi denominado pela literatura médica de Transtorno de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e Dislexia. Ora, a partir dos termos postos, o ensaio ora proposto se constituirá a partir da seguinte questão: é possível constituir uma sociabilidade e, portanto, uma sociedade virtuosa a partir da educação pelos vícios?

PDF

Referências

ABREU, Maria Helena do Rego Monteiro de. Medicalização da Vida Escolar. – Rio de Janeiro: UFRJ, 2006.

AKERMAN, Jacques. De objeto a sujeito: a criança entre o desvio e a diferença. Revista de Psiquiatria e psicanálise com crianças e adolescentes. FHEMIG. Belo Horizonte. Jan/jun. 1995.

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Abril, 1978.

BOGOCHVOL, A. Sobre a psicofarmacologia. In: Magalhães, M.C.R. Psicofarmacologia e Psicanálise. São Paulo: Escuta, 2001.

CANGUILHEM, Georges. O normal e o patológico. Rio de Janeiro, Forense-Universitária, 1998.

COLLARES, Cecília A. L. e MOYSÉS, M. Aparecida A. Preconceitos no cotidiano escolar: Ensino e Medicalização. – São Paulo, Cortez, 1996.

COSER, 0. Depressão: Clínica, Crítica e Ética. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2003.

DUARTE, Newton. Educação Escolar: Teoria do cotidiano e a escola de Vigotski. 3aed. – Campinas-SP: Autores Associados, 2001.

DUARTE, Newton. Sociedade do conhecimento ou sociedade das ilusões? –Campinas-SP: Autores Associados, 2003.

DUARTE, Newton. Vigotski e o “Aprender a aprender”: crítica às apropriações neoliberais e pós-modernas da teoria vigotskiana. 2aed. – Campinas-SP: Autores Associados, 2001.

DUARTE, Newton. A anatomia do homem é a chave da anatomia do macaco: A dialética em Vigotski e em Marx e a questão do saber objetivo na educação escolar. In. Educação & Sociedade, ano XXI, no 71, Campinas-SP, Julho/2000.

DUARTE, Newton. Concepções afirmativas e negativas sobre o ato de ensinar. In. Cad. CEDES vol. 19, n. 44. – Campinas-SP, Abril, 1998.

DUARTE, Newton. Conhecimento tácito e conhecimento escolar na formação do professor: (por que donald Schön não entendeu Luria In. Educação & Sociedade. – Campinas-SP, vol.24, no83, p.601-625, agosto de 2003.

DUARTE, Newton. Formação do indivíduo, consciência e alienação: o ser humano na psicologia de Leontiev. In. Cad. Cedes, Campinas, vol. 24, n. 62, p. 44-63, abril 2004.

DUARTE, Newton. Relações entre ontologia e epistemologia e a reflexão filosófica sobre o trabalho educativo. In. PERSPECTIVA. v.16, n. 29, p. 99 -116, jan./jun. Florianópolis, 1998.

ELIAS, Norbert. Sobre o Tempo. Trad. Vera Ribeiro. – Rio de Janeiro: Zahar, 1998. FOUCAULT, Michael. Vigiar e punir. – Petrópolis: Vozes,1998.

FREUD, S. Análise terminável e interminável. (1937). Edição Standart Brasileira das Obras completas de S. Freud. – Rio de janeiro, Imago, 1977.

GIROTO, Cláudia Regina Mosca. A parceria entre o professor e o fonoaudiólogo: um caminho possível para a atuação fonoaudiológica com a linguagem escrita. – São Paulo: UNESP, 2006.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais. O principio educativo. Jornalismo. Trad. Carlos Nelson Coutinho. – 2aed. – Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

GRAMSCI, Antonio. Temas da Cultura. Ação Católica. Americanismo e fordismo. (vol.4) Trad. Carlos Nelson Coutinho, Luiz Sérgio Henrique. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

HELLER, Agnes. Aristóteles y el mundo antiguo. – Barcelona: Península, 1983.

HELLER, Agnes. O Cotidiano e a História. Trad. Carlos Nelson Coutinho e Leandro Konder. – 6aed. – São Paulo: Paz e Terra, 2000.

HELLER, Agnes. L’uomo del rinascimento. – Florença: Nuova Itália, 1977.

HORA, Dayse Martins. Racionalidade médica e conhecimento escolar: a trajetória da biologia educacional na formação de professores primários. – São Paulo: PUC, 2000.

KEIRALLA, Dayse Maria Borges. Sujeitos com dificuldades de aprendizagem: sistema escolar com dificuldades de ensino. – São Paulo: UNICAMP, 1994.

LEONTIEV, A. N. Atividade, Consciência e Personalidade. Trad. Maria Silvia Cintra Martins. 1978.

LEONTIEV, A. N. O desenvolvimento do psiquismo. – Lisboa : Livros Horizonte, 1978.

MARQUES, Vera Regina Beltão. Medicalização da raça: Médicos, Educadores e Discurso Eugênico. UNICAMP, Campinas. 2001.

MEIRA, A. M.. Pequenos brinquedos, jogos sem fim – Os sintomas no brincar da criança contemporânea. In: Meira, A. M. Novos Sintomas: coleção psicanalítica da criança. Salvador: Ágalma, 2003.

NÚÑEZ, Isauro Beltrán. Vygotsky, Leontiev e Galperin: formação de conceitos e princípios didáticos. – Brasília: Líber Livro, 2009.

NUTTI, Juliana Zantut. Concepções sobre as possibilidades de integração entre Saúde e Educação: um estudo de caso. – São Paulo: UFSCar, 1996.

OLIVEIRA, C. Lucia Montechi Valladares de. Os primeiros tempos da psicanálise no Brasil e as teses pansexualistas na educação. Scielo. Estudos em Teoria Psicanalítica. Agora. vol.5. Rio de Janeiro. 2002.

PELEGRINI, M.R.F. O abuso de medicamentos psicotrópicos na Contemporaneidade. Revista Ciência e Profissão, 2003, p. 38-43.

PEREIRA, Juliana Garrido. A crítica à medicalização da aprendizagem na produção acadêmica nacional. – Campinas-SP: UNICAMP, 2010.

QUINET, A. Psicanálise e Psiquiatria: controvérsias e convergências. Rio de Janeiro: Rios Ambiciosos, 2001.

RAAD, Ingrid Lilian Fuhr. Deficiência como iatrogênese: a medicina, a família e a escola como cúmplices no processo de adoecimento. – Brasília: UNB, 2007.

ROSA, Rosa Cristina Vieira da. Medicalização do fracasso escolar: explicações e práticas no município de Miguel Pereira. – Rio de Janeiro: UFF, 1995.

SANTIAGO, Ana Lydia Bezerra. A inibição intelectual na Psicanálise. – Rio de janeiro. Jorge Zahar editor. 2005.

SAVIANI, Demerval. Educação: do senso comum a consciência filosófica. – 17aed. – Campinas-SP: Autores Associados, 2007.

SAVIANI, Demerval. Educação brasileira: estrutura e sistema. – 10aed. – Campinas-SP: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, Demerval. Escola e Democracia. – Campinas-SP: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, Demerval. História das idéias pedagógicas no Brasil. – 2aed. – Campinas-SP: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. – 10aed. – Campinas-SP: Autores Associados, 2008.

TEIXEIRA, Ynayah Souza de Araujo. O enfrentamento da medicalização pelo trabalho pedagógico. – São Paulo: UNICAMP, 2008.

VIGOTSKI, Lev. Manuscrito de 1929. In. Educação & Sociedade. – Campinas-SP, ano XXI, no 71, Julho/2000.

VIGOTSKI, L. S. ; LURIA, A. R. ; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. – São Paulo : Ícone/EDUSP, 1988.

VICENT, D. A infância na modernidade. In: Meira, A. M. (org). Novos Sintomas: Coleção psicanalítica da criança. Salvador: Ágalma, 2003.

WERNER Jr. Jairo. Desenvolvimento e aprendizagem da criança: uma contribuição para a desmedicalização do fracasso escolar. – Rio de Janeiro: UFF, 1992.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2012 Revista Aurora

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.downloads##

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.noStats##