Sobre uma reivindicação de direitos

a busca de garantias frente o dano althusseriano

Autores

  • Felipe Melonio Leite Universidade Federal Fluminense UFF/RJ

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2020.v13n1.p99-126

Palavras-chave:

Humanismo teórico, Pós-estruturalismo, Louis Althusser

Resumo

Observamos, neste trabalho, a recepção do althusserianismo como portador de um desafio aos projetos da teoria social, a saber, a afirmação do caráter parcial de toda possibilidade de fechamento inequívoco ao fazer teórico. Esse dano foi, certamente, instigante para autores de outras bases teóricas. Percebemos, na presente elaboração, três respostas paradigmáticas que funcionaram como reafirmação de um ponto basilar para seus edifícios teóricos. Foram respostas contra elementos, desde o início, presentes na crítica althusseriana: o anti-humanismo teórico, o anti-historicismo e o anti-teleologismo normativo. Analisaremos, para tal, as abordagens de Carlos Nelson Coutinho, E. P. Thompson e Ruy Fausto, expoentes de cada uma das perspectivas acima mencionadas.

Submetido em: 26/08/2020
Aceito em: 08/09/2020

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Melonio Leite, Universidade Federal Fluminense UFF/RJ

Mestre em Ciência Política (PPGCP/UFF), Bacharel em Ciências Sociais (IFCS/UFRJ), Graduando em Direito (ECJ/UNIRIO).

Downloads

Publicado

2021-03-22

Edição

Seção

Miscelânea