A REDISTRIBUIÇÃO UNIVERSAL VERSUS O RECONHECIMENTO DA DIFERENÇA: OS DESAFIOS DO ESTADO NA IMPLANTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS

Autores

  • Carmen Sílvia Righetti NÓBILE
  • Neide Aparecida de Souza LEHFELD

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2016.v9n1.07.p81

Palavras-chave:

Redistribuição universal, Reconhecimento da diferença, Sociedades multiculturais, O papel do Estado,

Resumo

O presente trabalho trata-se de uma pesquisa teórica a partir das reflexões sobreos desafios do Estado frente à política da redistribuição universal e à política do reconhecimento, as quais se baseiam no conflito entre a concepção que exige que todas as pessoas sejam igualmente dignas de respeito e tratamento (política universal) e a noção do reconhecimento da diferença, que busca a defesa dos grupos minoritários ou subalternos: minorias sexuais, raciais e étnicas. Por exemplo, a política de reconhecimento. Algumas referências foram utilizadas: Nancy Frasser (2007), Habermas (2000), Charles Taylor (2000), Enrique Dussel (1995), Giovanni (2009). A escolha por esses autores se baseia no contraponto entre as suas posições sobre o Estado: os que defendem a radicalização dos direitos fundamentais, os quais são reconhecidos pela comunidade, e não apenas instituídos pelo Estado e pela posição dos que defendem o Estado enquanto protetor de determinados valores particulares de culturas, a fim de garantir a permanência e preservação de tais preceitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmen Sílvia Righetti NÓBILE

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Neide Aparecida de Souza LEHFELD

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2016-11-25

Como Citar

NÓBILE, C. S. R.; LEHFELD, N. A. de S. A REDISTRIBUIÇÃO UNIVERSAL VERSUS O RECONHECIMENTO DA DIFERENÇA: OS DESAFIOS DO ESTADO NA IMPLANTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS. Revista Aurora, [S. l.], v. 9, n. 01, 2016. DOI: 10.36311/1982-8004.2016.v9n1.07.p81. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/6476. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Miscelânea