Teatro e pensamento

Autores

  • Mário Fernando Bolognesi

Resumo

Platão tem uma visão negativa da arte e da tragédia. A “irracionalidade” da prática artística está na base dessa negação. Sua visão é contrária ao perspectivismo humanista de Eurípedes e dos sofistas. Na filosofia renascentista, o sujeito observador (temporal e racional) pressupõe o múltiplo e o infinito. O perspectivismo está na base dessa orientação e Shakespeare é a melhor expressão artística desse pressuposto defendido na filosofia por Giordano Bruno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

1999-01-01

Como Citar

Bolognesi, M. F. (1999). Teatro e pensamento. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia Da Unesp, 21(1), 53–65. Recuperado de https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/transformacao/article/view/801

Edição

Seção

Artigos e Comentários