Brecht e Aristóteles

Autores

  • Mário Fernando Bolognesi

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732002000100005

Palavras-chave:

Teatro épico, Teatro dramático, Aristóteles, Brecht

Resumo

A concepção teatral de Brecht não é radicalmente oposta à de Aristóteles. A estética brechtiana, em muitos aspectos, é herdeira das idéias de Aristóteles. O teatro épico proposto por Brecht tem em seu horizonte de combate o teatro de matriz naturalista e o drama psicológico. Mimese e catarse não significam identificação do público com a cena e com o herói.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2002-01-12

Como Citar

Bolognesi, M. F. (2002). Brecht e Aristóteles. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 25(1), 67–78. https://doi.org/10.1590/S0101-31732002000100005

Edição

Seção

Artigos e Comentários