O Império Universal do Ocidente e a construção do outro negativo interno no capitalismo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2019.v12esp.15.p151

Palavras-chave:

Império Universal do Ocidente, Imperialismo, outro negativo interno

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar algumas contribuições e apontamentos sobre como possivelmente o Império Universal do Ocidente reconstruiu o outro negativo interno na figura do proletariado/trabalhador no capitalismo. Entretanto, para que cheguemos a estas conclusões, primeiro analisaremos a gênese desta forma de reprodução do ocidente; e posteriormente como o Império Universal do Ocidente se traduziu em Imperialismo capitalista e, assim, tomou conta de todos os aspectos da vida material. Em nossa perspectiva, na era do imperialismo, o capital monopolista não somente está relacionado com as guerras interimperialista, mas também reifica o trabalhador, transformando-o em outro negativo interno do ocidente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo dos Santos Alcantara, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) – UNESP/campus de Marília

Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” de Marília, nas modalidades bacharel e licenciatura. Atualmente é mestrando em Ciência Sociais pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da mesma instituição.

Downloads

Publicado

2019-12-20

Edição

Seção

Encarte Especial