As contribuições de Raymond Williams à teoria social marxista
PDF

Palavras-chave

marxismo
base
superestrutura
sociologia da cultura

Como Citar

MILANI, V. T. As contribuições de Raymond Williams à teoria social marxista: a crítica ao modelo base e superestrutura. Revista Aurora, [S. l.], v. 12, n. 3, p. 17–26, 2019. DOI: 10.36311/1982-8004.2019.v12esp.04.p17. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/9764. Acesso em: 27 maio. 2024.

Resumo

A proposição de uma “base” determinante e uma “superestrutura” determinada marcou a teoria social marxista na primeira metade do século XX. Em nosso trabalho, pretendemos examinar a crítica de Raymond Williams em relação à aplicação mecânica dessas categorias de análise, projetada em seu ensaio de 1973, intitulado “Base e superestrutura na teoria da cultura marxista”. Para tanto, num primeiro momento, balizaremos o contexto histórico em que a obra de Williams surgiu, e do qual estava dialogando. Num segundo momento, iremos nos concentrar no desenvolvimento da crítica do autor, mobilizando o ensaio em questão. Nossa análise tem como objetivo central projetar uma apresentação do pensamento de Williams, e algumas de suas contribuições no interior do pensamento marxista, sobretudo nas investigações que pretendem se debruçar sobre a produção cultural a partir de uma perspectiva materialista e histórica.

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2019.v12esp.04.p17
PDF

Referências

ANDERSON, Perry. Considerações sobre o marxismo ocidental: nas trilhas do materialismo histórico. São Paulo: Boitempo, 2004.

ANDREUCCI, Franco. A difusão e a vulgarização do marxismo. IN: HOBSBAWM, Eric (org). História do marxismo II: o marxismo na época da segunda internacional. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

CEVASCO, Maria Elisa. Para ler Raymond Williams. São Paulo: Paz e Terra, 2001.

CEVASCO, Maria Elisa. Dez lições sobre os Estudos Culturais. São Paulo: Boitempo, 2003.

CEVASCO, Maria Elisa. Cultura: um tópico britânico do Marxismo ocidental. In: LOUREIRO, Isabel Maria; MUSSE, Ricardo (orgs). Capítulos do marxismo ocidental. São Paulo: Editora Unesp, 1998.

GLASER, André Luiz. Materialismo Cultural. 2008. Tese (Doutorado em Letras) - Programa de Pós- graduação em Literatura Inglesa e Norte-americana daUniversidade de São Paulo.

HALL, Stuart. Vida e época da primeira New Left. IN: Revista Plural, Volume 21, número 2. São Paulo, 2014.

MARX, Karl. Grundrisse. São Paulo: Boitempo; Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2011.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2014.

WILLIAMS, Raymond. Marxismo e Literatura. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e Materialismo. São Paulo: Editora Unesp, 2011a.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e Sociedade: de Coleridge a Orwell. Rio de Janeiro: Vozes, 2011b.

WILLIAMS, Raymond. A política e as letras: entrevistas da new left review. São Paulo: Editora Unesp, 2013.

WILLIAMS, Raymond. Televisão: tecnologia e forma cultural. São Paulo: Boitempo; Belo Horizonte, MG: PUCMinas, 2016.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2019 Revista Aurora

Downloads

Não há dados estatísticos.