Trabalho e a sociologia das emoções: uma análise do contexto de mulheres que desempenham atividades de confecção na esfera doméstica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2018.v11n2.05.p65

Palavras-chave:

Setor de confecção, Trabalho domiciliar, Trabalho doméstico, Emoções

Resumo

Esse trabalho objetiva apresentar uma discussão sobre o trabalho domiciliar onde há pessoas ocupadas com atividades de confecção, em sua relação com o trabalho doméstico, a fim de compreender a divisão social/sexual do trabalho nesses ambientes e a administração das emoções. Para tanto partiremos por uma análise da sociologia das emoções, tendo em vista que a partir desse olhar podemos analisar as desigualdades das estruturas sociais em sua relação com o sentimento, o emocional e as grandes influências que podem exercer nesse contexto. Ao tratarmos as emoções como uma categoria sociológica abrimos a possibilidade de ampliar a compreensão para além de uma análise macro, generalizante, focada em tradições. Dito isto, para dar conta da discussão serão utilizados na construção teórica desse artigo, autores como Hochschild, Jaggar, Bonelli, Nunes, Kergoat, Pisciteli, entre outros.

Recebido: 03/04/2018
Aceito: 22/11/20186

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora Alves Lopes Vieira, PPGS/UFG

Mestranda em Sociologia pelo Programa de Pos Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Goiás.

Downloads

Publicado

2018-12-28

Edição

Seção

Miscelânea