Raimunda e sua família de mulheres em Volverde Pedro Almodóvar
PDF

Palavras-chave

Família
Gênero
Mulher
Volver

Como Citar

Raimunda e sua família de mulheres em Volverde Pedro Almodóvar. Revista Aurora, [S. l.], v. 9, n. 01, p. 57–70, 2016. DOI: 10.36311/1982-8004.2016.v9n1.05.p52. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/6474.. Acesso em: 22 jul. 2024.

Resumo

A presente análise encontra no filme Volver, de Pedro Almodóvar, a relação problemática com concepções de família dentro de uma cultura ocidental e de papéis de gênero atribuídos socialmente aos indivíduos que a compõem. Ao abordar assuntos presentes na sociedade que fogem às regras estabelecidas através de diálogos entre a família e o meio social, a trama revela proximidades da ficção com críticas à existência de realidades perversas. Violência doméstica, abuso sexual, incesto e pedofilia são temas que atravessam a trama do filme, e que se enquadram nas discussões feitas por pensadores das ciências humanas e sociais, como Joan Scott, Carole Pateman, Pierre Bourdieu, Phillipe Ariès e William Goode. Dando luz a indagações sobre os problemas que possam haver nas relações familiares, as críticas resultadas das contribuições teóricas têm como foco o lugar da mulher na família, analisando especificamenteo caso da família formada pelas personagens mulheres deVolver.
PDF

Referências

ÀRIES, Philippe. História social da criança e da família. 2ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 1981.

BEAUVOIR, Simone. O segundo sexo: fatos e mitos. 4ª ed. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1970.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina.Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

FREUD, Sigmund. Obras completas: Totem y Tabu. Espanha: Nueva, 1993.

GOODE, William J. A família. São Paulo: Livraria Pioneira Editora, 1970.

LÉVI-STRAUSS, Claude. As estruturas elementares do parentesco. Petrópolis: Vozes, 1976.

PATEMAN, Carole. Críticas feministas a la dicotomía público/privado. Perspectivas feministas en teoría política. Org. CASTELLS, Carme. Barcelona/ Buenos Aires/ México: Paidós, 1996.

NICHOLSON, Linda. Interpretando o gênero. In: Estudos Feministas, Florianópolis, v. 8, n. 2, p. 9- 41, 2000.

NOGUEIRA, Lisandro M. PIRES, Caroline Anielle Souza B. Pedro Almodóvar e a cultura sem nome: a reconstrução do melodrama e da mulher na era dos sentimentos de plástico. In: INTERCOM – XXXIV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Recife, 02 a 06 de setembro de 2011.

SANTOS, Luís Henrique Sacchi dos. Voltar a Volver: Alguns comentários para pensar os gêneros. In: Educação em foco. Juiz de Fora, v. 14, n. 1, març./ago. 2009.

SCOTT, Joan W. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. In: Educação e Realidade. Porto Alegre, v. 20, n. 2, jul./dez. 1995, pp. 71-99.

KIKA. Direção: Pedro Almodóvar. 1 hr 54 min. Espanha, 1993.

MULHERES A BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS. Direção: Pedro Almodóvar. 1 hr 30 min. Espanha, 1988.

TUDO SOBRE MINHA MÃE. Direção: Pedro Almodóvar. 1 hr 45 min. Espanha, 1999.

VOLVER. Direção: Pedro Almodóvar. 2 hrs 1 min. Espanha, 2006.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Revista Aurora

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.downloads##

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.noStats##