SUBDESENVOLVIMENTO, DESINDUSTRIALIZAÇÃO E EXPLORAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS: O PETRÓLEO DA CAMADA DE PRÉ-SAL COMO CHAVE OU ENTRAVE PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL

Autores

  • Marina Gusmão de MENDONÇA USP UNESP
  • Rafael Almeida Ferreira ABRÃO Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2015.v8n2.4849

Palavras-chave:

Economia Brasileira, Desenvolvimento, Desindustrialização, Petróleo, Pré-sal, Doença Holandesa.

Resumo

O Brasil vivencia um processo gradativo de liberalização econômica desde a década de 1980, que contribuiu para a redução da participação do setor industrial no Produto Interno Bruto. Na década de 2000, essa redução se acentuou devido ao aumento das exportações de commodities, que valorizou o câmbio e provocou a diminuição da competitividade dos produtos manufaturados nacionais. As expectativas são de que a exportação de commodities continue a se expandir nos próximos anos, principalmente a partir da exploração de petróleo na camada de pré-sal. A descoberta de hidrocarbonetos na camada de pré-sal poderá transformar o Brasil em uma potência energética, num momento em que a demanda mundial por energias fósseis se encontra em contínua ascensão. A economia brasileira deverá então passar por uma forte transformação devido à exploração de petróleo, que poderá alterar as perspectivas do desenvolvimento nacional. Entretanto, uma parte da literatura acadêmica discute o risco de que a renda gerada pela exploração de recursos naturais tenda a prejudicar a atuação econômica dos países que as possuem. Este artigo se propõe a discutir a possibilidade de que a exploração de petróleo na camada de pré-sal acentue o processo de desindustrialização da economia brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Gusmão de MENDONÇA, USP UNESP

Professora da Escola Paulista de Política, Economia e
Negócios (EPPEN) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); Professora Colaboradora do Programa de
Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista
(UNESP) – Campus de Marília

Rafael Almeida Ferreira ABRÃO, Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Rafael Almeida Ferreira Abrão é bacharelando em Relações Internacionais pela Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (EPPEN) da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP.

Downloads

Publicado

2015-08-27