Filosofia, trabalho e movimentos sociais
PDF

Palavras-chave

Apresentação
Filosofia
trabalho
movimentos sociais

Como Citar

Filosofia, trabalho e movimentos sociais . Revista Aurora, [S. l.], v. 7, p. 7–10, 2021. DOI: 10.36311/1982-8004.2013.v7n0.3410. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/3410.. Acesso em: 23 jul. 2024.

Resumo

Na primeira seção, Entrevista, o leitor terá um encontro com uma entrevista com Virgínia Fontes. Virgínia, intelectual e militante comunista, é Historiadora, com mestrado pela Universidade Federal Fluminense (1985) e doutorado em Filosoia pela Université de Paris X, Nanterre (1992). Atua na Pós-Graduação em História na UFF, onde integra o NIEP-MARX – Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre Marx e o marxismo, e na Escola Politécnica Joaquim Venâncio-Fiocruz, integrando o grupo de pesquisa sobre epistemologia. Possui sólida trajetória como pesquisadora, ao se dedicar a temas como Imperialismo e Democracia. Publicou importantes livros na área, como: Relexões Im-pertinentes (Ed. Bom Texto, 2005); e, O Brasil e o Capital- imperialismo: teoria e história (Ed. UFRJ, 2010), além de dezenas de artigos e capítulos de livros.  Ao longo da entrevista, Virgínia Fontes aborda temas como, sua trajetória política-intelectual; apresenta suas inluências dentro do marxismo, bem como dos intelectuais brasileiros; dialoga com as clássicas interpretações da historiograia sobre o desenvolvimento do processo de histórico do Brasil; oferece sua interpretação sobre a  autocracia brasileira e o debate sobre desindustrialização e reprimarização da economia; e, encerra com uma belíssima relexão sobre o que é ser comunista.  Na Seção Dossiê, encontram-se artigos que discutem sobre temas clássicos da ilosoia, organizados na seguinte ordem: A) A Verdade em Hegel e Marx, por Pedro Novelli – Professor Assistente Doutor do Departamento de Filosoia da Faculdade de Filosoia e Ciências, da UNESP de Marília; B) A Natureza da Guerra e as Relações Internacionais em Jean Jacques-Rousseau, sob autoria de Marcelo Lira Silva – Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosoia e Ciências, UNESP, Marília; Mestrado (2005); Bacharel em Ciências Sociais (2007) e Filosoia (2012) pela mesma faculdade; C) O Legado Freudiano na Dialética do Esclarecimento: a importância da memória nos planos ontogenético e ilogenético, cuja autoria é de Veridiana Domingos Cordeiro – Mestranda pelo Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo, Bacharel em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosoia, Letras e Ciências Humanas (2012) e licenciada em Ciências Sociais pela Faculdade de Educação (2012); D) Do Bem Comum da Visão Platônico-Aristotélica à Lógica Hobbesiana do Contrato Social (Da Ordem Mecânica da Matéria à Ordem Final da Vontade), de Luiz Carlos Mariano da Rosa – Pós-Graduação em Filosoia pela Universidade Gama Filho (2013) e Graduação em Filosoia pelo Centro Claretiano de Batatais-SP (2011).  Já na Seção Miscelânea, cujo objetivo é publicar artigos de variados temas, contemplando diversos fenômenos das Ciências Humanas, é organizado da seguinte maneira: A) Pequena Crítica a um Grande Prejuízo: totalidade e classe social contra reducionismo cultural nas análises do EZLN, sob autoria de Diego Marques Pereira dos Anjos – Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosoia e Ciências, UNESP, Marília, Graduação em História pela PUC – Goiás (2012); B) O Trabalho na Sociedade Industrial: um breve entendimento da racionalização do modo de produção capitalista, de Guilherme Sávio Marchi – Graduado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosoia, Ciências e Letras do Centro Universitário Fundação Santo André; C) Uma Análise Sobre a Concepção Atual de Cidadania, por Luana Maria de Andrade e Simone da Conceição Silva – ambas Mestrandas do Programa de Pós- Graduação em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosoia e Ciências, UNESP, Marília; D) Direito ao Não Trabalho da Criança e do Adolescente Enquanto Pressuposto para o Desenvolvimento Mental e Físico, de Marcela Andressa Semeghini Pereira – Mestranda em Direito pela Universidade de Marília, e Lourival José de Oliveira – Doutorado em Direito pela PUC (1999), Professor Adjunto da Universidade Estadual de Londrina, e professor das faculdades UNOPAR, FACCAR e UNIMAR; E) A Gestão do Patrimônio Documental Arquivístico em Instituições Públicas: considerações sobre uma eicaz iscalização, cuja autoria é compartilhada por Aline Elis Arboit – Doutoranda em  Ciência da Informação pela UNESP, Marília, Mestre (2010) e Graduação em Gestão da Informação (2001) e Biblioteconomia (2003), ambas pela Universidade Federal do Paraná, e Rúbia Martins – Doutoranda em Ciência da Informação pela UNESP, Professora Assistente do Departamento de Ciência da Informação da Faculdade de Filosoia e Ciências, UNESP, Marília.  A Seção Especial, é dedicada ao artigo Duas Críticas à Dominação Moderna: Giorgio Agamben e Domenico Losurdo, escrito por, Angelita Matos Souza, a qual possui Mestrado em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (1995) e Doutorado em Economia Aplicada (2003) pela mesma universidade. É professora de Sociologia e História Econômica no Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento do Instituto de Geociências e Ciências Exatas da UNESP, Rio Claro. Publicou ainda dois livros: Deus e o Diabo na Terra do Sol: Estado e economia no Brasil, (Annablume, 2009) e Estado e Dependência no Brasil, (Annablume, 2001).  Por im, apresentamos um Ensaio Autoral da fotógrafa Paula Mello, ilósofa formada pela Unesp de Marília, onde reside atualmente. Realizou mais de 40 exposições pelo interior paulista e ministra cursos e oicinas de fotograia.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2013 Revista Aurora

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.downloads##

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.noStats##