Entre Marx e Spinoza
PDF

Palavras-chave

Althusser
dialética
epistemologia

Como Citar

Entre Marx e Spinoza: dialética e epistemologia no "segundo" Althusser (1974-1976). Revista Aurora, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 171–190, 2022. DOI: 10.36311/1982-8004.2022.v15.n1.p171-190. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/12661.. Acesso em: 22 jul. 2024.

Resumo

O presente artigo objetiva recuperar algumas das posições firmadas pelo filósofo francês Louis Althusser durante a década de 1970 atinentes à dialética e à epistemologia, tendo como foco três escritos: Elementos de autocrítica (1974), Sustentação de tese em Amiens (1975) e Marx e Freud (1976). Argumentamos que Althusser acaba por demarcar uma posição sui generis no âmbito do assim chamado marxismo ocidental, desvencilhando-se dos principais impasses suscitados em Por Marx e Ler O Capital, textos marcados por um “desvio” teoricista, isto é, racionalista-especulativo, nos quais o spinozismo do autor compromete seu caráter materialista. Para tanto, lança-se mão do método teórico-interpretativo, através da análise bibliográfica dos textos em discussão. 

PDF

Referências

ALTHUSSER, Louis. Montesquieu, a política e a história. Lisboa: Presença, 1972 [1959].

ALTHUSSER, Louis. Resposta a John Lewis [1972]. In: ALTHUSSER, Louis. Posições I. Rio de Janeiro: Graal, 1978a. p. 15-51.

ALTHUSSER, Louis. Elementos de autocrítica [1974]. In: ALTHUSSER, Louis. Posições I. Rio de Janeiro: Graal, 1978b. p. 79-118.

ALTHUSSER, Louis. Sustentação de tese em Amiens [1975]. In: ALTHUSSER, Louis. Posições I. Rio de Janeiro: Graal, 1978c. p. 131-167.

ALTHUSSER, Louis. Advertência [1967]. In: ALTHUSSER, Louis; RANCIÈRE, Jacques; MACHEREY, Pierre. Ler O Capital. São Paulo: Zahar, 1979a [1965]. Volume I. p. 7-8.

ALTHUSSER, Louis. De O Capital à Filosofia de Marx. In: ALTHUSSER, Louis; RANCIÈRE, Jacques; MACHEREY, Pierre. Ler O Capital. São Paulo: Zahar, 1979b [1965]. Volume I. p. 11-74.

ALTHUSSER, Louis. O Objeto de O Capital. In: ALTHUSSER, Louis; BALIBAR, Étienne; ESTABLET, Roger. Ler O Capital. São Paulo: Zahar, 1980 [1965]. Volume II. p. 7-152.

ALTHUSSER, Louis. Lênin e a filosofia. São Paulo: Mandacaru, 1989 [1968].

ALTHUSSER, Louis. Lettera a D... (n. 2). In: ALTHUSSER, Louis. Sulla psicoanalisi. Freud e Lacan. Milano: Raffaello Cortina, 1994. p. 73-100.

ALTHUSSER, Louis. O marxismo como teoria “finita”. Outubro, n. 2, p. 63-73, 1998 [1978].

ALTHUSSER, Louis. A querela do humanismo (1967). Crítica Marxista, São Paulo, Xamã, v. 1, n. 9, p. 9-51, 1999a.

ALTHUSSER, Louis. Sobre a reprodução. Petrópolis: Vozes, 1999b.

ALTHUSSER, Louis. Marx e Freud [1976]. In: ALTHUSSER, Louis. Freud e Lacan. Marx e Freud. Rio de Janeiro: Graal, 2000. p. 75-93.

ALTHUSSER, Louis. A querela do humanismo II (inédito). Crítica Marxista, São Paulo, Boitempo, v. 1, n. 14, p. 48-72, 2002.

ALTHUSSER, Louis. Sobre Lévi-Strauss. Campos, v. 6, n. 1-2, p. 197-205, 2005a.

ALTHUSSER, Louis. A corrente subterrânea do materialismo do encontro (1982). Crítica Marxista, Rio de Janeiro, Revan, n. 20, p. 9-48, 2005b.

ALTHUSSER, Louis. La única tradición materialista. Youkali, n. 4, p. 132-154, 2007.

ALTHUSSER, Louis. Conferência sobre a ditadura do proletariado (1976). Lutas Sociais, v. 18, n. 33, p. 36-62, 2014.

ALTHUSSER, Louis. Contradição e sobredeterminação (Notas para uma pesquisa) [1962]. In: ALTHUSSER, Louis. Por Marx. Campinas: Ed. Unicamp, 2015a [1965]. p. 71-106.

ALTHUSSER, Louis. Sobre a dialética materialista (Da desigualdade das origens) [1963]. In: ALTHUSSER, Louis. Por Marx. Campinas: Ed. Unicamp, 2015b [1965]. p. 133-181.

ALTHUSSER, Louis. Marxismo e humanismo [1964]. In: ALTHUSSER, Louis. Por Marx. Campinas: Ed. Unicamp, 2015c [1965]. p. 183-202.

ALTHUSSER, Louis. Sobre a gênese. Cadernos CEMARX, n. 8, p. 155-160, 2015d.

BALIBAR, Étienne. Sobre a dialética histórica. In: BALIBAR, Étienne. Cinco estudos do materialismo histórico. Lisboa: Presença, 1975 [1974]. Volume II. p. 163-228.

BALIBAR, Étienne. Sobre os conceitos fundamentais do materialismo histórico. In: ALTHUSSER, Louis; BALIBAR, Étienne; ESTABLET, Roger. Ler O Capital. São Paulo: Zahar, 1980 [1965]. Volume II. p. 153-274.

BOITO Jr., Armando. Indicações para o estudo do marxismo de Althusser. In: PINHEIRO, Jair (org.). Ler Althusser. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2016. p. 151-182.

EVANGELISTA, Walter J. Althusser e a psicanálise. In: ALTHUSSER, Louis. Freud e Lacan. Marx e Freud. Rio de Janeiro: Graal, 2000. p. 9-38.

FICHTE, J. G. A doutrina-da-ciência de 1794. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

HEGEL, G. W. F. Princípios da filosofia do direito. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

HEGEL, G. W. F. Fenomenologia do espírito. Petrópolis: Vozes, 1999. 2 vols.

HEGEL, G. W. F. Introdução à história da filosofia. Lisboa: Edições 70, 2006.

MARX, K; ENGELS, F. A sagrada família. São Paulo: Boitempo, 2011.

MARX, K. Prefácio. In: MARX, K. Contribuição à crítica da economia política. São Paulo: Expressão Popular, 2008. p. 45-50.

MARX, K. Manuscritos econômico-filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2010.

MARX, K. Introdução. In: MARX, K. Grundrisse. São Paulo: Boitempo, 2011a. p. 37-64.

MARX, K. Glosas marginais ao Manual de Economia Política de Adolph Wagner. Serviço Social em Revista, Londrina, v. 13, n. 2, p. 170-179, 2011b.

MARX, K. Crítica da filosofia do direito de Hegel. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K. O capital. São Paulo: Boitempo, 2017a. Livro I.

MARX, K. O capital. São Paulo: Boitempo, 2017b. Livro III.

MORAES, João Quartim de. As abstrações, entre a ideologia e a ciência. Crítica Marxista, n. 44, p. 43-56, 2017.

MORFINO, Vittorio. A causalidade estrutural em Althusser. Lutas Sociais, v. 18, n. 33, p. 102-116, 2014.

MAQUIAVEL, Nicolau. O príncipe. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

POULANTZAS, Nicos. As classes sociais no capitalismo de hoje. Rio de Janeiro: Zahar, 1975 [1974].

POULANTZAS, Nicos. Poder político e classes sociais. Campinas: Ed. Unicamp, 2019 [1968].

REY, Pierre-Philippe. Les alliances de classes. Paris: Maspero, 1973.

SAES, Décio. Marxismo e história. Crítica Marxista, São Paulo, Brasiliense, v. 1, n. 1, p. 39-59, 1994.

SPINOZA, B. Tratado da correção do intelecto. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

SPINOZA, B. Ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

TSÉ-TUNG, Mao. Sobre a contradição [1937]. In: TSÉ-TUNG, Mao. Sobre a prática e a contradição. Rio de Janeiro: Zahar, 2008. p. 83-127.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Revista Aurora

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.downloads##

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.noStats##