Considerações sobre a teoria marxista clássica do imperialismo

Autores

  • Cristiano Monteiro da Silva Pontifícia Universidade Católica de São Paulo image/svg+xml

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2010.v3n2.1232

Palavras-chave:

Imperialismo, parasitismo, colonização

Resumo

Nos trabalhos da teoria marxista clássica do imperialismo, especialmente o de Lênin (Imperialismo, fase superior do capitalismo), o imperialismo é analisado como expressão das mudanças na esfera social, econômica e política das sociedades capitalistas. Esse é ponto de partida para se entender os conceitos de capital financeiro, parasitismo econômico, exportações de capitais e as estratégias políticas no sistema mundial de Estados.

Biografia do Autor

  • Cristiano Monteiro da Silva, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

    Economista do ILAESE – Instituto Latinoamericano de Estudos Socioeconômicos. Doutor em Ciências Sociais pela PUC/SP.

Referências

BUKHARIN, N. I. (1984). A economia mundial e o imperialismo. São Paulo: Abril Cultural.

HILFERDING, R. (1985). O Capital financeiro. São Paulo: Nova Cultural.

HOBSON, J. A. (1981). Estudio del imperialismo. Madrid: Alianza Editorial.

KAUTSKY, K. (1914). Imperialism and the war. Disponível em: . Acesso em: 11 de outubro de 2008.

KAUTSKY, K. (1914). Ultra-imperialism. Disponível em: . Acesso em: 11 de outubro de 2008.

LENIN, V. I. (1986). O imperialismo, fase superior do capitalismo. São Paulo: Alfa Omega.

LENIN, V. I. (1979). A falência da II internacional. São Paulo: kairós.

LUXEMBURGO, R. (1985). Acumulação de capital. São Paulo: Nova Cultural.

LUXEMBURGO, R. (1955). The Marxist Theory of Imperialism and its critics. Disponível em: . Acesso: em 10 de janeiro 2009.

MARTINS, C. E. (2009). A superexploração do trabalho e a economia política da dependência. In: MARTINS, C. E. & VALENCIA, A. S. (Ogs). A América Latina e os desafios da Globalização. Rio de Janeiro: Ed. PUC - Rio; São Paulo: Boitempo Editorial.

ROIO, M. D. (2007). Breve nota sobre a teoria do imperialismo (1902 -1916). Novos Rumos. São Paulo, n.47, p.16-29.

Downloads

Publicado

2010-08-10

Edição

Seção

Dossiê

Como Citar

Considerações sobre a teoria marxista clássica do imperialismo. Revista Aurora, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 63–70, 2010. DOI: 10.36311/1982-8004.2010.v3n2.1232. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/1232.. Acesso em: 17 jun. 2024.