França, lutas sociais e operárias e a questão da centralidade revolucionária da classe trabalhadora

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2010.v3n2.1229

Palavras-chave:

França, Lutas de classe, NPA

Resumo

Os acontecimentos dos últimos dez a quinze anos na França são expressivos quando se pretenda xaminar o papel da classe operária nas lutas sociais em um grande país contemporâneo e, ao mesmo tempo, os limites e travas que aquela classe enfrenta para tornar-se hegemônica politicamente.

Biografia do Autor

  • Gilson Dantas, Universidade de Brasília

    Gilson Dantas é doutor em sociologia pela UnB e autor do livro Estados Unidos, militarismo e economia da destruição (belicismo norte-americano e crise do capitalismo contemporâneo). Rio de Janeiro: Achiamé, 2007.

Referências

BRAVERMAN, Henry, 1977. Trabalho e capital monopolista : a degradação do trabalho no séxulo XX. Rio de Janeiro : Zahar.

CINATTI, Claudia, 2008. Que partido para que estratégia? Una polemica sobre los frentes “antineoliberales” y los “partidos amplios anticapitalistas”, in revista Estratégia Internacional, n.24, enero 2008, p.77-108.

FARIDA, Sebai, CARLO Vercellone, 1994. De l’ouvrier-masse multinational à l’intifada des banlieues : quelques repères pour une histoire desmouvements de la deuxième génération, Futur Antérieur, décembre, 23-24 : 1994/3-4

GORZ, André, 1982. Adeus ao proletariado: para além do socialismo. Rio de Janeiro: Forense.

MAGLOIRE, Franck, 2004. Ouvrière. Édition de l'Aube, Seuil.

MOULIER-BOUTANG Y, 1990. "Dynamique des migrations internationales et économie souterraine", Communication au colloque de Poitiers, Avril.

MOULIER-BOUTANG Y, GARSON, D.P., 1986. Économie politique des migrations clandestines de main- d’œuvre . Paris: Publisud.

TROTSKI, Leon, 1994. Aonde vai a França? São Paulo: Desafio.

VAILLANCOURT, Jean-Guy, 1991. Mouvement ouvrier et nouveaux mouvements sociaus: l ́approche d ́Alain Touraine. Cahiers de Recherche Sociologique, n.17, 1991, Montreaux, UQAM, p. 213- 222.

LUXEMBURGO, Rosa, 1975. Reforma, revisionismo e oportunismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

CASTILLO, Christian, 2003. Estado, poder e comunismo. Buenos Aires: ImagoMundi.

NEGRI, Antonio, 2004. Multitud: guerra e democracia em la era del Imperio. Barcelona: Debate

Downloads

Publicado

2010-08-10

Edição

Seção

Dossiê

Como Citar

França, lutas sociais e operárias e a questão da centralidade revolucionária da classe trabalhadora. Revista Aurora, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 31–35, 2010. DOI: 10.36311/1982-8004.2010.v3n2.1229. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/1229.. Acesso em: 14 jun. 2024.