Crise econômica atual e seus impactos para a organização da classe trabalhadora
PDF

Palavras-chave

Crise econômica
classe trabalhadora
Marxismo

Como Citar

Crise econômica atual e seus impactos para a organização da classe trabalhadora. Revista Aurora, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 3–10, 2010. DOI: 10.36311/1982-8004.2010.v3n2.1226. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/1226.. Acesso em: 15 jul. 2024.

Resumo

A atual crise pela qual passa o capitalismo contemporâneo permite resgatar ao menos duas coisas fundamentais para o entendimento da natureza de funcionamento do capitalismo. Em primeiro lugar, o fato de que o processo de acumulação de capital se dá em ciclos. Em segundo lugar, a perspectiva marxista como um referencial teórico sólido para o entendimento desse fato.

PDF

Referências

Antunes, R. Os Sentidos do Trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. Boitempo Editorial, 3a. edição, São Paulo. 2000.

Chesnais, F. (Org.) A Finança Mundializada: raízes sociais e políticas, configuração, conseqüências. Boitempo Editorial, São Paulo. 2005.

Hilferding, R. O Capital Financeiro. Abril Cultural, São Paulo. 1985.

Lapavitsas, C. El Capitalismo Financiarizado: expansión y crisis. Ediciones Maia, Madrid. 2009. Lênin, V. I. O Imperialismo: fase superior do capitalismo. Global Editora, São Paulo. 2007.

Marx, K. O Capital: crítica da economia política. 5 volumes, Nova Cultural, São Paulo. 1988. Mendonça, A. A Crise Econômica e a sua forma Contemporânea. Ed. Caminho, Portugal. 1990. Painceira, J. P. P. e Carcanholo, M. D. Crise Alimentar e Financeira: a lógica especulativa atual do capital fictício. XXVII Congresso da ALAS, Associação Latino-americana de Sociologia, Buenos Aires. 2009.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2011 Revista Aurora

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.downloads##

##plugins.themes.healthSciences.displayStats.noStats##