Breves considerações sobre o princípio da crítica marxiana ao direito

Autores

  • Elton Rafael LORENA

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2009.v2n2.1205

Resumo

A crítica realizada por Karl Marx (1818-1883) às relações jurídicas foi contundente. O autor mostrou como essa esfera está ontologicamente ligada à esfera econômica, sob a ordem do capitalismo. Revelando a essência do direito, Marx mostrou como este é irreformável e inadaptável a uma sociedade comunista. Para tecer sua crítica contumaz, o autor trilhou um árduo caminho que vem desde suas primeiras obras. A influência desses primeiros escritos, conhecidos como as suas obras de juventude, foram imprescindíveis para a construção de sua crítica radical do direito e para a elucidação dos nexos essenciais presentes nessa esfera social. O artigo que se segue, objetiva analisar o início desse caminho intelectual trilhado por Marx, e mostrar como suas primeiras obras fundamentaram a base para a sua crítica ao direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-07-20

Edição

Seção

Miscelânea