A IDENTIDADE NEOKANTIANA DE NORBERTO BOBBIO: A ÉTICA-MORAL DA PAZ E DA GUERRA LIBERAL-DEMOCRATA

Autores

  • MARCELO LIRA SILVA

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2008.v2n1.1196

Palavras-chave:

Neokantismo, Neocontratualismo, Liberalismo.

Resumo

Buscar-se-á, neste breve ensaio, expor alguns elementos que venham contribuir para demonstrar a relação umbilical existente entre a ética-moral proposta por Kant e sua organicidade teórico-prática ao pensamento liberal-burguês do século XX, em particular o de Norberto Bobbio. Se por um lado, tal pensamento perde, eventualmente, tal condição nos três primeiros quartéis do século XX –polarização político-ideológica entre marxismo e liberalismo –; por outro, demonstra sua vitalidade no último quartel deste mesmo século, recolocando-se enquanto pensamento hegemônico. Destarte, apreender o pensamento de Kant em seu movimento, ao mesmo tempo em que demonstra sua vitalidade, coloca-se de maneira imperativa para a compreensão do movimento do real.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-20

Edição

Seção

Miscelânea