VOLTA À ÁFRICA (RE)AFRICANIZAÇÃO E IDENTIDADE RELIGIOSA NO CANDOMBLÉ PAULISTA DE ORIGEM BANTU

Autores

  • RENATO UBIRAJARA DOS SANTOS BOTÃO

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2008.v2n1.1189

Palavras-chave:

religião, candomblé, identidade

Resumo

O presente artigo é o resultado de uma pesquisa de mestrado sobre a questão da (re)construção (ou resgate) da identidade religiosa dos adeptos do candomblé nação angola-congo. A pesquisa foi realizada em dois terreiros do Estado de São Paulo, cujos pais-de-santo procuram resgatar a identidade afro brasiliera-bantu, tentando implantar em seus terreiros rituais de religiões africanas do norte de Angola, o que chamamos mais comumente de (re)africanização. Nossos resultados apontam para: 1) um novo tipo de relacionamento entre o candomblé angola da Bahia e o de São Paulo; 2) o fato de que a questão da (re)africanização é diferente em cada terreiro. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-20

Como Citar

BOTÃO, R. U. . D. S. VOLTA À ÁFRICA (RE)AFRICANIZAÇÃO E IDENTIDADE RELIGIOSA NO CANDOMBLÉ PAULISTA DE ORIGEM BANTU. Revista Aurora, [S. l.], v. 2, n. 1, 2008. DOI: 10.36311/1982-8004.2008.v2n1.1189. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/1189. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Dossiê