Gramsci entre Maquiavel e Marx

da negatividade do homem à ontonegatividade da política

Autores

  • Claudinei Cássio de Rezende Universidade Estadual Paulista (Unesp) image/svg+xml

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2008.v1n2.1180

Palavras-chave:

Gramsci, Maquiavel, Marx, ontonegatividade da política.

Resumo

Em uma de suas categorias centrais, Gramsci estabelece uma identidade direta entre as politicidades maquiaveliana e marxiana, de sorte que cada um escreve para a classe da vanguarda política de sua época. No entanto, uma crítica mais rigorosa aos escritos marxianos nos revela que o proletariado não é somente a classe progressista de sua época, da maneira que a burguesia fora no iluminismo, como quer Gramsci, mas é, em verdade, a esfera universal e a única capaz de levar a cabo uma emancipação humana total. Doravante, a identidade entre Marx e Maquiavel inexiste na medida em que o primeiro, de magnitude filosófica distinta, concebe o trabalho ontologicamente como atributo central da humanização, apreendendo a política como uma figura transitória superável, enquanto o segundo concebe a política como o ato fundador de toda sociabilidade.

Biografia do Autor

  • Claudinei Cássio de Rezende, Universidade Estadual Paulista (Unesp)

    Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais, Licenciado em História, Especialista em História e Mestrando em Ciências Sociais pela Unesp. Bolsista Fapesp da Pesquisa: As origens do marxismo etapista.

Referências

CHASIN, J. Marx: A Determinação Ontonegativa da Politicidade. In ______. Tomo III – Política. Santo André: Ad Hominem, 2000.

CHASIN, J. O Futuro Ausente. A conscientização da nova politicidade: Niccolò Machiavelli. In ______. Tomo III – Política. Santo André: Ad Hominem, 2000 b.

GRAMSCI, Antonio. Maquiavel, a Política e o Estado Moderno. 3ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

MAQUIAVEL, N. O Príncipe. Os Pensadores. São Paulo: Ed. Abril, 1973.

MARX, Karl. Crítica da Filosofia do Direito de Hegel. São Paulo: Boitempo, 2005.

MARX, Karl. Capítulo II: Glosas Críticas Marginais ao Artigo ‘O Rei da Prússia e a Reforma Social’ De um Prussiano. In Práxis, s.d., mímeo.

MARX, Karl. El Capital. México: Fondo de Cultura Económica, 1995.

MARX, Karl. ENGELS, F. Manifesto Comunista. São Paulo: Boitempo, 1998.

Downloads

Publicado

2008-06-10

Edição

Seção

Miscelânea

Como Citar

Gramsci entre Maquiavel e Marx : da negatividade do homem à ontonegatividade da política. Revista Aurora, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 69–75, 2008. DOI: 10.36311/1982-8004.2008.v1n2.1180. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/1180.. Acesso em: 14 jun. 2024.