NEOLIBERALISMO E ONGs NA AMÉRICA LATINA

Autores

  • ELIZABETH BORELL

DOI:

https://doi.org/10.36311/1982-8004.2008.v1n2.1173

Palavras-chave:

organizações não-governamentais, neoliberalismo, Estado e América Latina.

Resumo

Este artigo pretende analisar o papel desempenhado pelas organizações não-governamentais na América Latina, historicamente situado, enquanto canal dos mecanismos de ajuda internacional ao desenvolvimento, dentro de um projeto político neoliberal. É nesse contexto que se coloca o ajuste estrutural, instaurando uma nova ordem político-econômica, em que o modelo de acumulação aprofunda a separação entre o público e o privado, através da prática de uma política monetária restritiva. Nessa perspectiva, as ONGs passam a desempenhar funções antes assumidas pelo Estado, confirmando sua inserção no projeto neoliberal, com o conseqüente enfraquecimento dos movimentos populares de resistência política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-06-10

Como Citar

BORELL, E. NEOLIBERALISMO E ONGs NA AMÉRICA LATINA. Revista Aurora, [S. l.], v. 1, n. 2, 2008. DOI: 10.36311/1982-8004.2008.v1n2.1173. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/aurora/article/view/1173. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Dossiê