Chamada para publicação - v. 14 n.1 2021

2021-04-20

O Conselho Executivo da Revista Aurora – Revista discente do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Unesp de Marília –  tem o prazer de convidar pesquisadoras/es de todo país a submeterem artigos científicos para a para publicação  no - v.14 n.1 2021

Nos anos 30, Harold Laswell utiliza a expressão “políticas públicas” para designar as relações entre ações governamentais, conhecimento científico e grupos de interesse; de forma que as políticas públicas se mostram como um meio de relação de diferentes grupos com a esfera pública. Assim, pensar políticas públicas significa responder, como aponta Celina Souza: quem ganha o quê, por que e que diferença faz. Nesse sentido, os interesses dos diversos grupos sociais, como esses interesses se materializam e seus resultados na esfera pública são os elementos marcantes das políticas públicas.

Esses interesses giram em torno de atores diversos, e dentro deles podemos encontrar classes, grupos de pressão, elite econômica, partidos etc. E, por perpassar todos esses grupos, a política pública é uma categoria que não somente se limita ao campo político em sua conceituação estrita, mas também repercute na sociedade e na economia, sendo então necessário compreender as ações públicas nos mais diversos âmbitos e compreender as relações entre sociedade, economia e Estado.

Disso, se segue que as políticas públicas, enquanto campo de atuação, se abrem para uma variedade de metodologias e métodos de análise, possibilitando contribuições de diversas correntes nas Ciências Sociais, dada sua abrangência na sociedade.

Pensar essas relações em tempos de COVID-19 significa pesquisar as necessidades apresentadas pelos diversos setores e grupos sociais frente à crise sanitária que vivemos; aos reflexos sentidos na crise econômica internacional e na crise política em que o país se encontrava anteriormente; e ao aprofundamento das vulnerabilidades sociais. Significa também analisar as ações políticas de entes federados, estaduais e municipais no enfrentamento da pandemia, favorecendo determinadas classes e/ou grupos em detrimento de outros; além de desnudar a influência de grupos e atores políticos, religiosos, educacionais, entre outros, na criação das políticas públicas. Pergunta-se, então: Quem ganha com as políticas adotadas até aqui? Por que determinados grupos são privilegiados? Quais os diferentes impactos que as políticas adotadas possuem em diferentes grupos populacionais?

São bem-vindos estudos que discutam o papel de elites intelectuais, religiosas, políticas e econômicas na incidência das políticas públicas; questões como reconhecimento e justiça social em momentos de crise; conflitos inter e intra classes, relacionados ao impacto da crise econômica ou ao acesso ao tratamento e à vacina da COVID-19; representações políticas e sociais frente à crise sanitária; diferenciações entre as ações políticas de populações urbana e rural no enfrentamento ao coronavírus e seus desdobramentos socioeconômicos; impactos da pandemia no campo da educação; reflexos da crise econômica nos debates políticos sobre desemprego, renda básica, auxílio emergencial; entre outros.

A nova edição da Revista Aurora – Revista Discente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNESP de Marília – convida todas e todos que tenham textos para contribuir nesses debates a submetê-los para a organização de nosso próximo dossiê temático: “POLÍTICAS PÚBLICAS: DISPUTAS SOCIAIS E POLÍTICAS EM ÉPOCA DE COVID-19”.

Também receberemos trabalhos variados na seção Miscelânea (fluxo contínuo), conforme consta nas Normas de Publicação.

Prazo final para submissão de textos para dossiê: 05 de Junho de 2021

Atenciosamente,
Equipe Editorial.