Indeterminismo e liberdade em Hume

causal theory of freedom and indeterminism

Autores

  • Alfredo Pereira Júnior

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731993000100002

Palavras-chave:

Indeterminismo, Causalidade, Liberdade, Necessidade, Acaso

Resumo

Embora Hume eventualmente pareça supor que os processos naturais ocorrem de modo determinístico, sua concepção da causalidade proíbe que os conheçamos enquanto tais, pois, para ele, toda idéia de conexão necessária entre eventos é de natureza psicológica. Em nossa análise dessa questão, argumentamos que: a) nas suas principais passagens sobre a causalidade, Hume não assume um compromisso forte com o determinismo; b) certas partes de seus textos sugerem que o indeterminismo é ineliminável, no conhecimento da natureza; e c) sua concepção causal da liberdade supõe o indeterminismo dos processos naturais, e não apenas o indeterminismo em nível de seu conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1993-01-01

Como Citar

Pereira Júnior, A. (1993). Indeterminismo e liberdade em Hume: causal theory of freedom and indeterminism. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 16, 29–41. https://doi.org/10.1590/S0101-31731993000100002

Edição

Seção

Artigos e Comentários