Estatuto biológico do processamento de informação mental

Autores

  • Alfredo Pereira Júnior

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731991000100008

Palavras-chave:

Informação na Biologia, Linguagem do Pensamento, Competência Lingüística, Problema Mente, Auto-organização, Neomecanicismo

Resumo

Raciocinando no contexto do programa neomecanicista para a Biologia, estudamos a natureza do processamento de informação no sistema vivo em geral, e no cérebro humano em particular, onde uma aplicação do modelo da Auto-Organização nos conduz à hipótese do "Supercódigo". Este seria um programa mental, molecularmente codificado, responsável pelas competências inatas, como a competência lingüística. Fazemos também uma comparação entre nossa hipótese e a da Linguagem do Pensamento, proposta por Jerry Fodor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1991-12-01

Como Citar

Pereira Júnior, A. (1991). Estatuto biológico do processamento de informação mental. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 14, 139–153. https://doi.org/10.1590/S0101-31731991000100008

Edição

Seção

Artigos e Comentários