Comentário a "Max Weber e Adorno sobre o conceito de progresso"

Pseudomorfose e convergência em Theodor Adorno

Autores

  • Joaquim Braga Universidade de Coimbra

Palavras-chave:

Max Weber, Adorno, Pluralidade

Resumo

Referência do texto comentado: Roselino, Luis Felipe de Salles. Max Weber e Adorno sobre o conceito de progresso: contrastes da racionalização técnica na música e na pintura. Trans/Form/Ação: revista de filosofia da Unesp, vol. 43, Número Especial, p. 317 –34p0, 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joaquim Braga, Universidade de Coimbra

Docente e Investigador na Universidade de Coimbra, Instituto de Estudos Filosóficos (IEF), Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação.

Referências

ADORNO, T. Die Kunst und die Künste. In Theodor W. Adorno: Ohne Leitbild: Parva Aesthetica, Frankfurt am Main: Suhrkamp. 1967, p. 158-182.

ADORNO, T., Ästhetische Theorie. In Theodor W. Adorno: Gesammelte Schriften, Vol. 7, Herausgegeben von Rolf Tiedemann, Frankfurkt am Main: Suhrkamp. 1970.

ADORNO, T. Philosophie der neuen Musik. In Theodor W. Adorno: Gesammelte Schriften, Vol. 12, Herausgegeben von Rolf Tiedemann, Frankfurt am Main: Suhrkamp. 1975.

ADORNO, T. Über einige Relationen zwischen Musik und Malerei. In Theodor W. Adorno: Gesammelte Schriften, Vol. 16, Herausgegeben von Rolf Tiedemann, Frankfurkt am Main: Suhrkamp. 1978, p. 628-642.

ROSELINO, Luis Felipe de Salles. Max Weber e Adorno sobre o conceito de progresso: contrastes da racionalização técnica na música e na pintura. Trans/Form/Ação: revista de filosofia da Unesp, vol. 43, Número Especial, p. 317 –34p0, 2020.

Publicado

2020-10-09 — Atualizado em 2022-07-18

Como Citar

Braga, J. . (2022). Comentário a "Max Weber e Adorno sobre o conceito de progresso": Pseudomorfose e convergência em Theodor Adorno. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia Da Unesp, 43(Special Issue), 341–344. Recuperado de https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/transformacao/article/view/11051

Edição

Seção

Artigos e Comentários