“CRISE ORGÂNICA” E LUTA DE CLASSES EM GRAMSCI

Autores

  • Giovanni Semeraro Universidade Federal Fluminense -UFF

DOI:

https://doi.org/10.36311/2526-1843.2016.v1n1.p13-24

Palavras-chave:

CRISE ORGÂNICA, LUTA DE CLASSES, GRAMSCI

Resumo

Ao comemorar o 1º ano de criação da IGS/Brasil, o tema desse seminário nos convoca a analisar as reflexões de Gramsci sobre a crise orgânica e a luta de classes, fundamentais para compreender melhor o que vem acontecendo atualmente no Brasil. A obra de Gramsci, de fato, apresenta um conjunto de preciosas anotações sobre a crise que originou o fascismo na Itália, sobre as razões da derrota do movimento revolucionário na Europa e sobre os caminhos a percorrer para construir a hegemonia das “classes subalternas”.

Recebido em 18 de setembro de 2016
Aprovado em 30 de setembro de 2016
Editado em 15 de dezembro de 2016

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-01

Como Citar

Semeraro, G. (2016). “CRISE ORGÂNICA” E LUTA DE CLASSES EM GRAMSCI. Revista Práxis E Hegemonia Popular, 1(1), 13–24. https://doi.org/10.36311/2526-1843.2016.v1n1.p13-24

Edição

Seção

Artigos