"Unidade de estilo" e educação dos impulsos em escritos de juventude de Friedrich Nietzsche

Autores

  • Luzia Gontijo Rodrigues

Palavras-chave:

Nietzsche, cultura, educaçã

Resumo

O presente artigo aborda a concepção de “unidade de estilo” forjada por Nietzsche nos escritos da época de professorado na Universidade de Basiléia. Pretende-se mostrar a conexão entre tal concepção e a defesa da necessidade de educação dos instintos, nesse momento da obra ainda fortemente associada ao conjunto de um povo ou cultura; no caso, a cultura grega. Ao centro, o desafio de se compreender a duplicidade de apolíneo e dionisíaco, para além da esfera estrita da arte trágica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

01-12-2004

Como Citar

Rodrigues, L. G. (2004). "Unidade de estilo" e educação dos impulsos em escritos de juventude de Friedrich Nietzsche. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia Da Unesp, 27(2), 75–95. Recuperado de https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/transformacao/article/view/879

Edição

Seção

Artigos e Comentários