Considerações sobre a neutralidade da ciência

Autores

  • Marcos Barbosa de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732003000100008

Palavras-chave:

Ciência, tecnologia, neutralidade, relativismo,

Resumo

O texto apresenta uma discussão da tese da neutralidade da ciência, tomando como ponto de partida algumas formulações dos Parâmetros Curriculares Nacionais. A neutralidade é analisada em três componentes: a imparcialidade, a neutralidade aplicada e a neutralidade cognitiva. Procura-se mostrar que, para não se cair no relativismo, a imparcialidade deve ser mantida, mas a neutralidade aplicada não se sustenta, nem como fato nem como valor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2003-01-12

Como Citar

Oliveira, M. B. de. (2003). Considerações sobre a neutralidade da ciência. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 26(1), 161–172. https://doi.org/10.1590/S0101-31732003000100008

Edição

Seção

Artigos e Comentários