Lógica e ciência cognitiva

o psicologismo contra-ataca

Autores

  • Marcos Barbosa de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731992000100007

Palavras-chave:

Ciência Cognitiva, psicologismo, Frege, normatividade, mentalismo, platonismo

Resumo

O objetivo do trabalho é apresentar o contexto histórico, as motivações e um esboço de alguns resultados de uma pesquisa ainda não concluída. Primeiro fala-se um pouco da Ciência Cognitiva - de suas características gerais, de sua história, de sua relação com a Epistemologia. Considera-se depois sua relação com a Lógica, emergindo daí uma concepção da Lógica como descritiva e mentalista. Esta concepção choca-se com o antipsicologismo de Frege. A meta da pesquisa é refutar os argumentos de Frege enquanto objeções à tese de que existem duas lógicas, ambas mentalistas, uma descritiva e outra normativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1992-12-30

Como Citar

Oliveira, M. B. de. (1992). Lógica e ciência cognitiva: o psicologismo contra-ataca. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 15, 123–130. https://doi.org/10.1590/S0101-31731992000100007

Edição

Seção

Artigos e Comentários