O ser e o nada de Sartre

uma "descoberta" filosófica dos "tempos modernos"

Autores

  • Cristina Diniz Mendonça

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731994000100008

Palavras-chave:

Ontologia fenomenológica, Filosofia da ação, Liberdade, Heroísmo, Resistência

Resumo

Este artigo indica que o "Ensaio de ontologia fenomenológica" de Sartre, O ser e o nada, poderia ser lido como uma recriação filosófica de uma experiência histórica crucial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1994-01-01

Como Citar

Mendonça, C. D. (1994). O ser e o nada de Sartre: uma "descoberta" filosófica dos "tempos modernos". TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 17, 105–112. https://doi.org/10.1590/S0101-31731994000100008

Edição

Seção

Artigos e Comentários