A Filosofia da Ciência de Bas van Fraassen e o Seu Voluntarismo Epistêmico, de Kathleen Okruhlik

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n4.30.p399

Palavras-chave:

Antirrealismo, van Fraassen, Empirismo construtivo, Estruturalismo empirista, Voluntarismo epistêmico

Resumo

A visão antirrealista acerca da ciência de Bas van Fraassen desempenhou um papel determinante no desenvolvimento da filosofia da ciência recente. Particularmente, seu empirismo construtivo tem sido discutido e criticado de forma extensa nas revistas especializadas e constitui um tópico comumente abordado nos programas das disciplinas de filosofia da ciência. Outros aspectos do empirismo de van Fraassen são menos conhecidos. Entre eles, sua abordagem empirista às leis científicas; a sua reavaliação, relativamente recente, do que significa ser um empirista; e seu estruturalismo empirista. O presente estudo visa oferecer uma panorâmica desses diferentes aspectos do empirismo de van Fraassen e mostrar como estão relacionados entre si. Se detém, ainda, sobre a natureza do voluntarismo epistêmico de van Fraassen e seu nexo com a filosofia da ciência empirista desse autor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessio Gava, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) – campus Apucarana

Alessio Gava, mestre e doutor em Lógica e Filosofia da Ciência pela UFMG, formado em Física pela “Università di Trieste” (Itália), professor de matemática junto à Universidade Estadual do Paraná - Campus de Apucarana.

Referências

CHURCHLAND, P. M.; HOOKER, C. A. (ed.). Images of Science. Chicago: University of Chicago Press, 1985.

CLIFFORD, W. K. The ethics of belief. In: MADIGAN, T. (ed.). The ethics of belief and other essays. Amherst, MA: Prometheus, 1877 [1999]. p. 70–96.

MONTON, B. (ed.). Images of Empiricism. Oxford: Oxford University Press, 2007.

MONTON, B.; MOHLER, C. Constructive Empiricism. The Stanford Encyclopedia of Philosophy.Winter 2012 ed. Ed. Edward. N. Zalta. Stanford, CA: The Metaphysics Research Lab Center for the Study of Language and Information, Stanford University, 2012. Disponível em: http://plato.stanford.edu/archives/win2012/entries/constructive- empiricism. Acesso em: 10 jan. 2020.

OKRUHLIK, K. Critical Notice: Bas van Fraassen, Scientific Representation: Paradoxes of Perspective. Canadian Journal of Philosophy, v. 39, n. 4, p. 671-694, 2009.

OKRUHLIK, K. Science, Sex, and Pictures: Reflections on van Fraassen’s Use of Perspectival Representations. In: GAO, G.; LIU, C. (ed.). Scientific Explanation and Methodology of Science. Singapore: World Scientific, 2014. p. 156-169.

VAN FRAASSEN, B. C. An Introduction to the Philosophy of Time and Space. New York: Random House, 1970.

VAN FRAASSEN, B. C. The Scientific Image. Oxford: Oxford University Press, 1980.

VAN FRAASSEN, B. C. Belief and the Will. The Journal of Philosophy, v. 81, n. 5, p. 235-256, 1984.

VAN FRAASSEN, B. C. Laws and Symmetry. Oxford: Oxford University Press, 1989.

VAN FRAASSEN, B. C. Quantum Mechanics: An Empiricist View. Oxford: Oxford University Press, 1991.

VAN FRAASSEN, B. C. The Empirical Stance. New Haven: Yale University Press, 2002.

VAN FRAASSEN, B. C. Scientific Representation: Paradoxes of Perspective. Oxford: Oxford University Press, 2008.

Recebido: 14/5/2020 - Aceito: 03/8/2020

Downloads

Publicado

2021-10-22 — Atualizado em 2021-10-22

Como Citar

Gava, A. (2021). A Filosofia da Ciência de Bas van Fraassen e o Seu Voluntarismo Epistêmico, de Kathleen Okruhlik. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 44(4), 399–416. https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n4.30.p399

Edição

Seção

Tradução