O EMPIRISMO CONSTRUTIVO, A DISTINÇÃO ENTRE OBSERVAR E OBSERVAR QUE E A INTENCIONALIDADE

Autores

  • Alessio GAVA

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732016000300009

Palavras-chave:

Van Fraassen, Observação, Observabilidade, Empirismo construtivo, Intencionalidade

Resumo

No âmbito do empirismo construtivo, a célebre posição acerca dos objetivos da ciência de Bas van Fraassen, o ato de observar desempenha um papel crucial. Segundo Buekens e Muller defendem, em um artigo de 2012, o filósofo holandês deveria caracterizá-lo como um ato intencional, porque, na ciência, as observações são realizadas com um propósito. Nesta análise, que abordará também a distinção entre observar e observar que, introduzida por Hanson e Dretske, será mostrado que, ao contrário, considerações ligadas à intencionalidade do ato de observar são supérfluas para traçar a distinção entre entidades observáveis e inobserváveis da qual o empirismo construtivo depende.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessio GAVA

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2016-09-08

Como Citar

GAVA, A. (2016). O EMPIRISMO CONSTRUTIVO, A DISTINÇÃO ENTRE OBSERVAR E OBSERVAR QUE E A INTENCIONALIDADE. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 39(3). https://doi.org/10.1590/S0101-31732016000300009

Edição

Seção

Artigos e Comentários