Estado da arte de pesquisas sobre pessoas com deficiência intelectual nos últimos 20 anos (1998 a 2018)

Autores

  • Sarah Raquel Almeida Lins Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.36311/2358-8845.2020.v7n2.p103

Palavras-chave:

Deficiência intelectual, Produção científica, Educação Especial

Resumo

O presente artigo teve como objetivo identificar e analisar a produção científica brasileira que tiveram as pessoas com deficiência intelectual como tema. Trata-se de um estudo exploratório de levantamento que apresentou produções científicas de três fontes de referência para a área de Educação Especial: Revista Educação Especial (UFSM), Revista Brasileira de Educação Especial (RBEE) e os anais do GT – 15, Educação Especial da ANPED, que haviam sido publicadas entre o ano de 1998 e 2018 (20 anos) e que focalizavam a deficiência intelectual. Foram identificados 39 estudos que se debruçaram sobre a temática. Os resultados revelaram que 92% (n=37) dos estudos foram realizados a partir de Instituições de Ensino Superior. Concentram a maioria dos estudos a região Sudeste (n=22; 56%) e a região Sul (n=11; 27%). As principais temáticas centrais dos estudos abordaram sobre a concepção e singularidades do individuo com DI (n=7; 17%) e a identificação e avaliação do DI (n=5; 12%). Por outro lado, não foram encontrados estudos que abordassem sobre o mercado de trabalho e nem sobre o trabalho desenvolvido pelas instituições especializadas junto a este público. Estudos que focalizem a temática da DI são escassos, e compreende-se que a realização de estudos que se debrucem sobre a DI pode contribuir para a disseminação de novas compreensões que ampliem as possibilidades de percepção e de participação da pessoa com DI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sarah Raquel Almeida Lins, Universidade Federal de São Carlos

Terapeuta ocupacional pelo Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma), mestre em Terapia Ocupacional e doutora em Educação Especial, ambos pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), São Carlos -SP, Brasil.

Downloads

Publicado

2020-12-21

Edição

Seção

Artigos