Entrelaces da Biblioterapia e da Mediação da Leitura

uma análise das entrevistas concedidas à Rede Mediar

Autores

  • Pamela Oliveira Assis Universidade Federal da Bahia
  • Raquel do Rosário Santos Universidade Federal da Bahia
  • Ana Claudia Medeiros de Sousa Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.36311/1981-1640.2022.v16.e02142

Palavras-chave:

Biblioterapia, Leitura, Mediação de leitura, Rede Mediar

Resumo

Compreende-se ao pesquisar acerca da biblioterapia e da mediação da leitura, que existe uma relação temática em que ambas favorecem a socialização e o equilíbrio emocional do sujeito por meio da leitura e dos benefícios que essa ação possibilita.  O objetivo deste estudo foi de evidenciar a inter-relação da biblioterapia com a mediação da leitura por meio das narrativas registradas nas entrevistas da Rede Mediar. Quanto à metodologia, trata-se de um estudo descritivo, para o qual foram adotados o método de estudo de caso e a abordagem qualitativa e foram analisadas as percepções compartilhadas por meio das entrevistas concedidas à Rede Mediar. Os resultados indicaram que a biblioterapia e a mediação da leitura se entrelaçam visando a um agir humanizador e consciente do mediador, para que ele apoie a formação e o desenvolvimento do sujeito na perspectiva leitora e o alcance do bem-estar. Considera-se que, na perspectiva da biblioterapia, o ato de ler tem uma intenção terapêutica que favorece mudanças singulares e sociais nos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pamela Oliveira Assis, Universidade Federal da Bahia

Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia. Bacharela em Biblioteconomia e Documentação pela UFBA. 

Raquel do Rosário Santos, Universidade Federal da Bahia

Docente Adjunto do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba.

Ana Claudia Medeiros de Sousa, Universidade Federal da Bahia

Docente Adjunto do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba.

Referências

Almeida Junior, Oswaldo Francisco de. Mediação da informação: um conceito atualizado. Mediação oral da informação e da leitura. Organizado por Sueli Bortolin, João Arlindo dos Santos Neto, Rovilson José da Silva. ABECIN, 2015. pp. 9-32.

Bortolin, Sueli. Mediação oral da literatura: a voz dos bibliotecários lendo ou narrando, 2010, https://repositorio.unesp.br/handle/11449/103349. Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho, Tese de Doutorado. Acessado 19 mar. 2022.

Caldin, Clarice Fortkamp. “A leitura como função terapêutica: biblioterapia”. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, vol. 6, no. 12, 2001, pp. 32-44, https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2001v6n12p32/5200. Accessed 19 fev. 2021.

Caldin, Clarice Fortkamp. Perspectivas e tendências da Biblioterapia. Rede Mediar, 2021, https://redemediar.wordpress.com/2021/04/13/perspectivas-e-tendencias-da-biblioterapia-segundo-clarice-caldin/.Rede Mediar, Salvador, 2021. Acessed 11 nov. 2021.

Ferreira, Danielle Thiago. “Biblioterapia: uma prática para o desenvolvimento pessoal”. ETD - Educação Temática Digital, vol. 4, no. 2, 2003, pp. 35-47, https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/620/635. Accessed 27 out. 2021.

Lucas, Eliane R. de Oliveira, et al. “Biblioterapia para crianças em idade pré-escolar: estudo de caso”. Perspectivas em Ciência da Informação, vol. 11, no. 3, 2006, pp. 398-415, http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=1413-93620110003&lng=pt&nrm=iso. Accessed 27 out. 2021.

Pereira, Marília Mesquita Guedes. Biblioterapia: proposta de um programa de leitura para portadores de deficiência visual em bibliotecas públicas. UFPB, 1996.

Perrotti, Edmir. “Sobre informação e protagonismo cultural”. Informação e protagonismo social. Organizado por Henriette Ferreira Gomes e Hildenise Ferreira Novo. EDUFBA, 2017, pp. 11-25.

Pinto, Virginia Bentes. “A biblioterapia como campo de atuação para o bibliotecário”. Transinformação, vol. 17, no. 1, 2005, pp. 31-43, https://www.scielo.br/j/tinf/a/TGh75RBZcCN8nTwF8FBjkkL/?lang=pt. Accessed 27 out. 2021.

Rede Mediar. 2021, https://redemediar.wordpress.com/entrevistas/. Accessed 27 out. 2021.

Santos, Raquel do Rosário, et al. “Os valores pragmático, afetivo e simbólico no processo de mediação consciente da informação”. Informação & Informação, vol. 26, no. 1, 2021, pp. 343-362.

Seitz, Eva Maria. Biblioterapia: uma experiência com pacientes internados em clínica médica. Habitus, 2006.

Sobrino, Juan. Leitura: mediação com afeto. Rede Mediar, 2021, https://redemediar.wordpress.com/2021/08/07/lectura-mediacion-con-afecto/. Accessed 11 nov. 2021.

Sousa, Ana Cláudia Medeiros de, et al. “Mediação da cultura, da informação e da leitura para o protagonismo social”. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, vol. 16, 2020, pp. 1 – 20, https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1333/1226. Accessed 10 fev. 2021.

Sousa, Carla. “Biblioterapia e a mediação afetuosa da literatura: experiências de bibliotecári@s em bibliotecas”. Mediação da leitura literária em bibliotecas. Organizado por Jorge do Prado. Malê, 2019. pp. 107 – 120.

Downloads

Publicado

2022-03-23

Como Citar

Assis, P. O. ., R. do R. . Santos, e A. C. M. de Sousa. “Entrelaces Da Biblioterapia E Da Mediação Da Leitura: Uma análise Das Entrevistas Concedidas à Rede Mediar”. Brazilian Journal of Information Science: Research Trends, vol. 16, março de 2022, p. e02142, doi:10.36311/1981-1640.2022.v16.e02142.