Chamada para nova edição

Parece certo afirmar que a dinamicidade é uma característica das relações internacionais. Contudo, experimentamos atualmente uma conjuntura que parece nos indicar diferentes caminhos pelos quais elas estão percorrendo. Revoltas nos países de formação árabe engendraram processos que culminaram na derrocada de líderes e, pelo menos, um conflito que se arrasta desde 2011, causando a maior onda de migração do século XXI até o momento. Na América Latina, depois de uma década de governos progressistas, o chamado, embora não sem polêmicas, “neo-desenvolvimentismo” agoniza com a ascensão de governos de maior envergadura neoliberal. Na Europa, a saída do Reino Unido do bloco europeu coloca em dúvida o processo de integração regional que, pelo menos desde a segunda metade do século XX era tido como modelo. Ao mesmo tempo, a China desponta como uma economia forte, que, somada a países emergentes como Brasil, Índia, África do Sul e Rússia, lança um banco sem a presença dos países ocidentais que dominaram a cena internacional. A Rússia, por sua vez, reafirma-se como um país forte nas negociações internacionais. Já os Estados Unidos, considerado o centro do mundo “unipolar” do pós-guerra fria se vê dividido entre o apoio e o rechaço a, talvez, um dos presidentes mais polêmicos que já teve. Diante de todo esse cenário, a nova edição da Aurora – Revista de Ciências Sociais, convida a todas e todos que possam ter textos para contribuir para este debate a submeterem-nos para a organização de nosso próximo dossiê temático: “Crise do Mundo Ocidental?”. Aceitaremos submissões até dia 18 de agosto.Também receberemos trabalhos variados na seção Miscelânea, conforme consta nas Normas de Publicação.