O ensino da filosofia e o papel do professor-filósofo em Hegel

Autores

  • Rodrigo Pelloso Gelamo

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732008000200009

Palavras-chave:

ensino da filosofia, Hegel, filosofia alemã

Resumo

: Este artigo tem por objetivo trazer à luz os meandros e as particularidades do pensamento de Hegel sobre o ensino da filosofia. Embora esta não seja uma questão central em seu pensamento, é possível notar sua preocupação acerca do tema, especificamente nos textos que escreveu durante o período no qual exerceu a função de professor e diretor do ginásio em Nürember. A apresentação que aqui se faz do pensamento de Hegel sobre o ensino da filosofia divide-se em três momentos: no primeiro, são pontuados os conteúdos que ele julga necessários para a formação do pensamento filosófico; no segundo, é apresentada a questão do método e a sua relação com os conteúdos no ensino da filosofia; e finalmente, no terceiro, procura-se entender o papel que o professor exerce nesse ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-10

Como Citar

Gelamo, R. P. (2008). O ensino da filosofia e o papel do professor-filósofo em Hegel. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 31(2), 153–166. https://doi.org/10.1590/S0101-31732008000200009

Edição

Seção

Artigos e Comentários