O DE ANIMA DE ARISTÓTELES E A CONCEPÇÃO DAS FACULDADES DA ALMA NO KITÁB AL-NAFS (LIVRO DA ALMA, DE ANIMA) DE IBN SINA (AVICENA)

Autores

  • Jamil Ibrahim Iskandar

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732011000500005

Palavras-chave:

Aristóteles. Ibn Sina. Avicena. alma. faculdades da alma. &loso&a islâmica

Resumo

Este artigo apresenta uma comparação conceitual entre a obra De anima, de Aristóteles, e a concepção das faculdades da alma no Kitáb al-Nafs – edição árabe – (Livro da Alma, De anima), de Ibn Sina (Avicena), com o intuito de mostrar similitudes e in#uências de Aristóteles sobre o pensamento de Ibn Sina, nessa temática. Destaca, ainda, como e a época em que o estagirita foi recebido em terras do Islã, indicando o seu primeiro receptor, o &lósofo Al-Kindi, assim como, de modo pormenorizado, uma comparação sobre a de&nição de alma dada pelos dois &lósofos, e as três espécies de alma, com ênfase para o conceito de alma racional. Apresenta, também, a estrutura de cada uma das obras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-11-30

Como Citar

Iskandar, J. I. (2011). O DE ANIMA DE ARISTÓTELES E A CONCEPÇÃO DAS FACULDADES DA ALMA NO KITÁB AL-NAFS (LIVRO DA ALMA, DE ANIMA) DE IBN SINA (AVICENA). TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 34(3), 41–50. https://doi.org/10.1590/S0101-31732011000500005

Edição

Seção

Artigos e Comentários