A força das coisas

"etapas do desenvolvimento histórico" - notas de pesquisa

Autores

  • Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes Faculdade de Ciências e Letras - UNESP Araraquara

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731982000100003

Palavras-chave:

Filosofia da história, marxismo, objetivismo, desenvolvimentismo, reformismo, sociologia brasileira, nacionalismo, progressismo

Resumo

Este texto veio a constituir, modificado, o primeiro capítulo de nossa tese de mestrado - A Fênix tropical: nota crítica sobre o dualismo e a teoria da dependência, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo. Trata dos seguintes temas: I - A "filosofia da história", o marxismo e a "objetividade"; II - O pensamento social brasileiro: as teorias do/sobre o desenvolvimento e o marxismo apologético: 1.º Werner Baer: a "objetividade" conservadora contra as "paixões" reformistas; 2.º Carlos Lessa: Industrialização como "decisão"; 3.º ISEB: objetividade reformista contra paixões socialistas; 4.º Maturidade política contra aventuras socialistas; III - Os pressupostos comuns.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1982-01-01

Como Citar

Moraes, R. C. C. de. (1982). A força das coisas: "etapas do desenvolvimento histórico" - notas de pesquisa. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 5, 43–53. https://doi.org/10.1590/S0101-31731982000100003

Edição

Seção

Artigos e Comentários