Informação imperfeita e seu impacto nas estratégias empresariais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36311/1981-1640.2017.v11n2.02.p7

Palavras-chave:

Informação, Informação assimétrica, Informação imperfeita, Informação estratégica

Resumo

Este artigo tem o objetivo de discutir as características das informações disponíveis aos gestores para que tomem suas decisões estratégicas levando em conta questões de risco e incerteza que cercam tais decisões. O artigo apresenta um resgate das teorias econômicas, da gestão e da Ciência da Informação sobre o tema e admite que o que predomina é a informação imperfeita, especialmente a informação incompleta, a assimétrica e a ambígua. O mais relevante é que tal aparente problema pode ser revertido e gestionado para garantir diferenciais competitivos importantes e estratégicos para os agentes e as organizações, considerando, principalmente, que o problema da informação imperfeita, do risco e da incerteza está presente para todos os atores, e não apenas para um ou outro ator. Assim, por meio da teoria da gestão estratégica da informação, ações podem ser desenvolvidas para gerar ganhos e não apenas focar na utopia de querer ter sempre em mãos a informação perfeita. A metodologia utilizada foi o estudo bibliográfico recorrendo às Ciências que discutem aspectos da informação. Conclui-se que informação perfeita praticamente não existe. O que existe é informação imperfeita podendo ser incompleta, ambígua ou assimétrica. Essa imperfeição pode ser natural pela dificuldade de apurar a completude da informação, ou provocada propositadamente por interesse de alguma parte envolvida. Apesar dessa imperfeição, a informação não perde a sua importância e deve-se ter gestão estratégica de modo a reduzir qualquer que seja sua imperfeição. A busca deixa de ser pela informação completa e passa a ser pela informação satisfatória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Vilmar Satur, UFPB - Universidade Federal da Paraíba

Doutorando em Ciência da Informação (PPGCI/UFPB). Professor do Departamento de Mediações Interculturais do CCHLA da UFPB. Mestre em Economia, Especialista em Comércio Exterior, Bacharel em Economia e em Administração. Experiências anteriores em: URI, ULBRA, UERGS, UNIJUI e outros

Simone Bastos Paiva, UFPB - Universidade Federal da Paraíba

Doutora em Administração/UFPB. Graduação em Ciências Contábeis e em Matemática. Mestrado em Administração. Professora da Universidade Federal de Paraíba (Brasil), Departamento de Ciências Contábeis. Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação PPGCI/UFPB.

Emeide Nóbrega Duarte, UFPB - Universidade Federal da Paraíba

Doutora em Administração/UFPB. Pós Doutora em Ciência da Informação UNESP/SP. Mestrado em Biblioteconomia. Graduação em Biblioteconomia, Especialização em Documentação Científica realizado na UFRJ/IBICT. Professora do Departamento de Ciência da Informação do CCSA da UFPB. Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação PPGCI/UFPB.

Referências

.

Downloads

Publicado

2017-06-23

Como Citar

Satur, R. V., S. B. Paiva, e E. N. Duarte. “Informação Imperfeita E Seu Impacto Nas estratégias Empresariais”. Brazilian Journal of Information Science: Research Trends, vol. 11, nº 2, junho de 2017, doi:10.36311/1981-1640.2017.v11n2.02.p7.

Edição

Seção

Artigos