Colônia, neocolônia, pesadelo sem fim

em memória de Bruno e Dom

Autores

  • Paulo Alves de Lima Filho IBEC

DOI:

https://doi.org/10.36311/2675-3871.2022.v3n7.p277-279

Palavras-chave:

violência, inferno, predador, Bruno e Dom

Resumo

A colônia foi concebida para a realização de uma única ordem social, a ordem do capital. Foram criadas para o gáudio exclusivo dessa relação social, para a produção de valores para a produção de valores. A ordem social colonial viria a ser o império exclusivo do acumulador de capital, senhor do escravo e de todas as demais relações sociais, por sua vez vassalo do poder metropolitano, que lhe garantia efetividade e realização como classe. Ele é o predador universal de tudo e de todos.

Biografia do Autor

  • Paulo Alves de Lima Filho, IBEC

    Coodenador Geral do IBEC.

Downloads

Publicado

30.06.2022

Como Citar

Colônia, neocolônia, pesadelo sem fim: em memória de Bruno e Dom. (2022). Revista Fim Do Mundo, 3(7), 277-279. https://doi.org/10.36311/2675-3871.2022.v3n7.p277-279

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2