Revista Fim do Mundo https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM <p>É um periódico científico interdisciplinar de publicação contínua de edições quadrimestrais, do Instituto Brasileiro de Estudos Contemporâneos (IBEC) e Grupo de Pesquisa Organizações &amp; Democracia (GPOD) da Universidade Estadual Paulista - UNESP, cuja missão é divulgar a produção científica em Filosofia e Ciência Política e áreas correlatas, objetivando contribuir com a discussão e o desenvolvimento do conhecimento na área.<br /><strong>RFM</strong><br /><strong>e-ISSN:</strong> 2675-3871<br /><strong>ISSN (impresso):</strong> 2675-3812<br /><strong>ISSN L:</strong> 2675-3812<br /><strong>Ano de fundação:</strong> 2020<br /><strong>Periodicidade:</strong> Semestral (entre 2020-2021: Quadrimestral)<br /><strong>Editor responsável:</strong> Henrique Tahan Novaes<br /><strong>E-mail institucional</strong>: rfm.marilia@unesp.br</p> <p><strong>Indexadores:</strong> <br /><strong><em>Base de dados:</em></strong> <a href="https://www-periodicos-capes-gov-br.ez87.periodicos.capes.gov.br/index.php/acervo/lista-a-z-periodicos.html">CAPES</a> | <a href="https://scholar.google.com.br/citations?user=_UKrQBAAAAAJ&amp;hl=pt-BR&amp;authuser=3">Google Acadêmico</a> |<a href="https://oasisbr.ibict.br/vufind/Search/Results?lookfor=Revista+Fim+do+Mundo+%28Online%29%09&amp;type=AllFields&amp;filter%5B%5D=network_name_str%3A%22Revista+Fim+do+Mundo+%28Online%29%22">Oasisbr</a> | <a href="https://www.scilit.net/journal/5983332">Scilit</a><br /><strong><em>Diretórios:</em></strong> <a href="http://diadorim.ibict.br/handle/1/3031">Diadorim</a> | <a href="https://doaj.org/toc/2675-3871">DOAJ</a><br /><strong><em>Índices e Portais:</em></strong> <a href="http://portal.amelica.org/revista.oa?id=448">AmeliCA</a> | <a href="https://www.latindex.org/latindex/ficha/26577">Latindex</a> | <a href="https://www.latindex.org/latindex/ficha/26577">Livre</a> <br /><strong><em>Redes Sociais Acadêmicas:</em></strong> <a href="https://latinrev.flacso.org.ar/revistas/revista-fim-do-mundo">LatinREV</a> |<a href="https://redib.org/Record/oai_revista6131-revista-fim-do-mundo">REDIB</a> | <a href="https://redib.org/Record/oai_revista6131-revista-fim-do-mundo">SJIF</a> | <a href="https://www.sciencegate.app/app/search?msg=source%20not%20found">ScienceGate</a> | <a href="https://app.dimensions.ai/discover/publication?search_mode=content&amp;search_text=Revista%20Fim%20do%20Mundo&amp;search_type=kws&amp;search_field=full_search&amp;and_facet_source_title=jour.1391002">Dimensions</a> | <a href="https://www.wizdom.ai/journal/revista_fim_do_mundo/2675-3812">Wizdom.ai</a></p> <p>Copyright (c) Revista Fim do Mundo</p> <p align="justify"><a href="https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/" rel="license"><img src="https://i.creativecommons.org/l/by-nc-nd/4.0/88x31.png" alt="Creative Commons License" /></a></p> pt-BR <p>A <strong>Revista Fim do Mundo</strong> detém os direitos autorais dos trabalhos publicados em suas edições. Em virtude de constarem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, para fins educacionais, científicos e não-comerciais.</p> hetanov@gmail.com (Henrique Tahan Novaes) rfm.marilia@unesp.br (Fabio Castro) Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 OJS 3.3.0.11 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Sobre “A luta em defesa da Educação Pública no Brasil (1980-1996): obstáculos, dilemas e lições à luz da história” https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13201 Camila Posso Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13201 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Artista Convidado - Kamikia Kisêdjê https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13408 Kamikia Kisêdjê Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13408 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Educação, Emancipação e Democracia https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13411 Fabiana de Cássia Rodrigues , Henrique Tahan Novaes, Aline Marcondes Miglioli, Fábio S. M. Castro, Zuleica M. Vicente Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13411 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Ideias educacionais para adiar o fim do mundo https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13407 <p>Este texto faz referência ao livro de Ailton Krenak (2019), Ideias para adiar o fim do mundo. A obra traz uma esperança presente na possibilidade de “adiamento”. Estender o tempo, postergar o fim do mundo, nos permitiria vislumbrar a construção de relações sociais para além do capital. As ideias educacionais destacadas neste texto têm em comum o princípio de inserir educadores e educandos nas rédeas do processo pedagógico, indagando e definindo suas finalidades, agindo, desse modo, conscientemente em nome de objetivos coletivos. Pensamos que somente por um caminho em que sejamos genuinamente construtores da realidade há possibilidade de adiar o fim do mundo. E assim, lutar para que, quiçá, seja este apenas o fim do mundo regido pelo capital e, não, o da espécie humana.</p> Fabiana de Cássia Rodrigues , Henrique Tahan Novaes, Aline Marcondes Miglioli, Fábio S. M. Castro, Zuleica M. Vicente Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13407 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Acima de tudo, Professor https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13406 Paulo Alves de Lima Filho, Heloisa Dias, Fabiano Ionta Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13406 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Colônia, neocolônia, pesadelo sem fim https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13405 <p>A colônia foi concebida para a realização de uma única ordem social, a ordem do capital. Foram criadas para o gáudio exclusivo dessa relação social, para a produção de valores para a produção de valores. A ordem social colonial viria a ser o império exclusivo do acumulador de capital, senhor do escravo e de todas as demais relações sociais, por sua vez vassalo do poder metropolitano, que lhe garantia efetividade e realização como classe. Ele é o predador universal de tudo e de todos.</p> Paulo Alves de Lima Filho Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13405 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Juventude, literatura e cinema https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13111 <p>Parte-se da ideia de significante cultural e educação como processos de formação de sentidos nos anos 1980 traçando em linhas indeléveis, tecidas delicadamente para serem linhas abertas e não fechadas, sobre significações da década de 80. Desenvolve o tema cultural contra pano de fundo do neoliberalismo ascendente e seus significados marcando a vida da juventude e sua educação não formal: educação das emoções, paixões e afetos; sentidos importantíssimos de posicionamento da juventude na existência e nas estruturas sociais. Assim imbrica cultura com ideologia em um campo de signos e sua instrumentalização como poder. Coloca-se o filme de Francis Ford Coppola, <em>The outsiders </em>(1983), como um significante cultural dos anos 1980 e traça elementos próprios à adolescência. Neste adensamento constante de problemáticas políticas, culturais e sociais (neoliberalismo), a significância dos anos 1980 na forma dos elementos culturais na forma de educação dos sentidos chega-se a algumas conclusões atuais do desamparo neoliberal.</p> Marcelo Micke Doti Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13111 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Entrevista com Paulo Alves de Lima Filho https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13401 IBEC membros, Paulo Alves de Lima Filho Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13401 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Entrevista com Gigi Malabarba https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13404 Henrique Tahan Novaes Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13404 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Financeirização da Educação https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13394 <p>Neste artigo a autora propõe e discute o conceito de financeirização da educação, conceptualizando-o a partir da atual fase do capitalismo tardio e mostrando a sua essência, qual seja, a subordinação da educação ao capital financeiro e aos seus atores. O artigo também demonstra a influência da financeirização da educação na sociedade e nos indivíduos. O trabalho conclui que o capital financeiro subordina o conteúdo, os objetivos e os valores da sociedade e cria uma atmosfera social em que a educação se torna um condutor da financeirização da sociedade. Portanto, o capital financeiro forma estereótipos para o comportamento social dos principais grupos e leva à formação de um novo tipo de pessoa, o homo fincansus.<br />Este processo fortalece e acelera a financeirização da economia e da sociedade como um todo. Este trabalho também apresenta as características específicas que distinguem a financeirização da educação em comparação com outros setores sociais e as características que os assemelham.</p> Natalyia G. Yakovleva; Aline Marcondes Miglioli Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13394 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Da periferia ao centro: experiências de educação popular em El Salvador e seu legado histórico, contradições e desafios atuais na crise do capital. https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13127 <p>O presente artigo tenciona abordar a experiência de auto-organização e educação popular de comunidades camponesas salvadorenhas no contexto da guerra popular dos anos 70 e 80. No cerne das transformações no padrão de acumulação capitalista em que houve a passagem de um modelo fordista dependente de acumulação a um padrão pós fordista flexível com a manutenção da matriz agroexportadora de bens primários, as comunidades criaram um poderoso movimento auto-organizado em que a educação popular se tornou elemento fundamental no processo de mudança social, se contrapondo a educação formal. Após um breve histórico dos marcos mais importantes da educação popular na América Latina, faremos um exame dos elementos que caracterizaram a experiência, seu legado histórico, contradições e desafios atuais na crise estrutural do capital.</p> MARIA GABRIELA GUILLEN CARIAS Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13127 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Educação no Chile https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13410 <p>O dia 18 de outubro de 2019 marca a maior revolta popular da história do Chile. Uma resposta popular vigorosa aos mais de 40 anos de políticas neoliberais que transformaram o Chile em um laboratório, que posteriormente se expandiu para o resto da América Latina, gerando reformas estruturais em todo o sistema de vida. O sistema de educação pública foi<br>fragmentado e atomizado, transformando o papel do Estado de um garantidor de direitos a um papel subsidiário. Diante desta situação, os movimentos sociais, e em particular o setor estudantil, têm sido a força motriz por trás das<br>mobilizações mais vigorosas e que têm apresentado propostas que levam a transformações fundamentais no sistema<br>educacional e no sistema de vida no Chile.</p> Rodrigo Sánchez Edmonson, Erick Valenzuela Bello Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13410 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Notas sobre a educação na Venezuela: a escola na comuna ou a comuna como escola? https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13275 <p>Neste artigo apresentamos algumas impressões sobre a experiência de educação e formação política da Escola Técnica Agropecuária “<em>Ernesto Guevara” </em>na Comuna Socialista Agroecológica <em>El Maizal</em>, localizada entre os estados de Lara e Portuguesa na Venezuela. Consideramos que esta experiência corresponde a um processo de educação oriunda da auto-organização popular, vinculada à organização produtiva da comuna, e que se constitui em parte essencial da resistência ao imperialismo e da estratégia de organização para a territorialização do poder popular no país. Para refletirmos sobre a referida experiência, analisamos alguns marcos legais concernentes à educação e à organização comunal do país, bem como a proposta pedagógica da escola, além da observação <em>in loco</em> de algumas das atividades desenvolvidas pelos estudantes na Comuna <em>El Maizal </em>nos meses de fevereiro e março de 2022.</p> Simone Maria Magalhães Meleán, Héctor Ilich Meleán Durán Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13275 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 A educação brasileira https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13085 <p>O artigo trata da educação brasileira como processo de desenvolvimento em um contexto de gestão neoliberal. Durante a discussão, o texto abordará o desenvolvimento econômico brasileiro e o relacionará com as políticas públicas educacionais nos últimos trinta anos. O objetivo é analisar o modelo neoliberal que foi adotado pós década de 1990 e o seu impacto na educação pública. A abordagem metodológica é de cunho qualitativo e para o aporte teórico, o texto tem como base os autores Freitas (2021), Santos (2000, 2009, 2014) e Sousa (2021). O resultado das discussões realizadas na pesquisa permite concluir que nos últimos 30 anos, apesar do modelo de desenvolvimento econômico, houve algumas conquistas que favoreceram a educação pública, mas os avanços sofrem ameaças em decorrência do retrocesso vivenciado na política brasileira após 2016.</p> Maria Solange Melo de Sousa, Prof. Ma. Eliana A. S. S. Feitosa Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13085 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Universidade popular, radicalidade intelectual e gratuidade do ensino https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13094 <p>O presente trabalho discute o histórico de desenvolvimento do ensino superior no Brasil marcado pela particularidade capitalista e aponta para a radicalidade intelectual e a gratuidade do ensino como elementos fundamentais no processo de construção da universidade popular. Defende, assim, um projeto de ensino superior ligado aos anseios das camadas populares para além dos modelos pré-estabelecidos e transplantados de outros países.</p> Jeferson Anibal Gonzalez Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13094 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Abordagem da história e cultura afro-brasileira na BNCC do ensino médio https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13084 <p>Este trabalho tem como objetivo fazer uma reflexão acerca da abordagem da história e cultura afro-brasileiras na Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio à luz da Lei nº 10.639/03. Para tal, foi realizada uma pesquisa bibliográfica calcada no exame de artigos acadêmicos, livros, documentos, leis e normas oficiais que incidem nas formulações de políticas, planos e sistemas educativos. Os estudos demonstraram que as abordagens referentes ao ensino da história e cultura afro-brasileira nas áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Linguagens e suas Tecnologias não contemplam os anseios da sociedade em relação à educação antirracista; problematizações acerca das questões estruturais e institucionais que são bases para uma cultura racista não estão presentes no documento; as questões raciais são abordadas de modo amplo e universal que privilegia o conhecimento da cultura ocidental eurocêntrica e desconsidera as especificidades de outras culturas.&nbsp;</p> Washington Góes Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13084 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Dez anos de integração do ensino técnico ao médio na habilitação profissional de agropecuária do Centro Paula Souza https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13090 <p>O presente artigo propõe se a apresentar uma síntese dos resultados apresentados na dissertação <em>Integração do Ensino Técnico ao Médio na Habilitação Profissional de Agropecuária do Centro Paula Souza, </em>defendida junto ao Programa de Pós – Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp. A pesquisa buscou avaliar como ocorre a integração na referida habilitação profissional, após 10 anos de implantação. Tendo como métodos investigativos aplicados, a pesquisa documental, pesquisa bibliográfica; com relação a pesquisa empírica, foram realizadas observações assistemáticas e entrevistas semiestruturadas com docentes de duas unidades agrícolas do Centro Paula Souza. Conclui-se que a Proposta Pedagógica desenvolvida pela instituição está alicerçada em uma abordagem da Pedagogia das Competências que privilegia o desenvolvimento das competências voltadas ao mercado de trabalho, alerta-se para os potenciais desperdiçados ao se negligenciar as demais dimensões da existência humana; além das percepções dos docentes entrevistados com relação ao processo de integração.</p> Bruno Michel da Costa Mercurio, Henrique Tahan Novaes Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13090 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 Epidemia e Educação https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13088 <p>Atualmente todas as escolas do estado de São Paulo passam por avaliações externas, como o SARESP e as AAPS. Estas a avaliações possuem como meta traçar um panorama do processo de ensino aprendizagem e oferecer aos gestores e professores uma base de dados sobre os alunos que permita a eles desenvolver técnicas mais assertivas para conseguir melhora nos resultados. O objetivo deste trabalho é elencar possíveis motivos para a baixa participação nas 1° e 2° avaliações de aprendizado em processo (AAPs) de matemática. A pesquisa foi realizada com os estudantes de uma escola estadual de ensino fundamental I e II (PEB I, PEB II), localizada na cidade de Campinas\SP, disponibilizadas pela Plataforma do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Plataforma CAED). Foram analisadas três AAPs de matemática do corrente ano (1°, 2° e 3° bimestres de 2021) dos estudantes do ensino fundamental II, totalizando 170 estudantes. Também foi aplicado um questionário contendo oito questões objetivas e uma dissertativa afim de compreender o cenário sociocultural no qual os estudantes estão inseridos, bem como sua real capacidade de acompanhar e realizar as atividades durante o período de ensino remoto e híbrido. 113 estudantes responderam ao questionário.</p> <p>&nbsp;</p> Zuleica Cristina Mizael Vicente, André Ramalho dos Santos Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/13088 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300 O corpo prisioneiro em tempos de barbárie https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/12338 <p>A pandemia e a política são analisadas a partir da ideia de um corpo prisioneiro no tempo histórico do atual capitalismo. Confinado e impactado por elementos objetivos e subjetivos, o corpo encontra sua maneira de viver, em tempos de barbárie.</p> Renato Sampaio Sadi Copyright (c) 2022 Revista Fim do Mundo https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/RFM/article/view/12338 Thu, 30 Jun 2022 00:00:00 -0300