Lenin e a fase monopolista/imperialista do capitalismo

Autores

  • Paulo de Tarso Presgrave Leite Soares Universidade de São Paulo - USP

DOI:

https://doi.org/10.36311/2675-3871.2021.v2n6.p231-254

Palavras-chave:

Lenin, imperialismo, socialismo, monopólio

Resumo

Este ensaio faz um exame da obra clássica de Lênin sobre o Imperialismo, tratando de seus traços fundamentais, da concentração e centralização do capital que conduz à monopolização, à constituição do capital financeiro e da oligarquia financeira, e à divisão do mundo entre os grandes monopólios capitalistas e entre as grandes potências. Aqui, o Imperialismo é tratado como uma fase específica do capitalismo, sua fase monopólica – fase em que deve ser situado o capitalismo contemporâneo –, em que se afirmam tendências à decomposição e ao parasitismo, ao mesmo tempo em que, em virtude da socialização da produção, se criam condições para uma transição ao socialismo. Nesse exame, subjaz uma proposição, exposta ao final, sobre o estatuto da luta de classes no pensamento de Lênin, bem como uma problematização do tratamento dado por Lenin à dialética.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Paulo de Tarso Presgrave Leite Soares, Universidade de São Paulo - USP

Professor da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo - FEA/USP. Canal no Youtube: Marx – sem ilusões.

Downloads

Publicado

2021-12-21