A INCIPIENTE CONTRA-HEGEMONIA CHINESA DURANTE O GOVERNO DE XI JINPING (2013-):

UMA PERSPECTIVA DA ECONOMIA POLÍTICA INTERNACIONAL

Autores

  • Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos UNESP
  • Rafael Queiroz Alves

DOI:

https://doi.org/10.36311/2526-1843.2021.v6n9.p191-209

Palavras-chave:

China, Xi Jinping, Economia Política Internacional, Multilateralismo, Contra-hegemonia

Resumo

O presente artigo procura identificar uma incipiente contra-hegemonia chinesa a partir da história do governo de Xi Jinping (2013-). A categoria de contra-hegemonia desenvolvida por Robert Cox serve como referencial teórico e metodológico para que seja realizada uma interpretação da trajetória da estrutura histórica chinesa. A argumentação evoca aspectos conjunturais pertencentes aos níveis de análise doméstico e externo pertinentes às dimensões estrutural e superestrutural concebíveis com a obra de Cox. As articulações sociais selecionadas que apresentam capacidade para produzir uma nova ordem internacional chinesa de caráter contra-hegemônico são: uma forma de Estado inovadora, uma política externa multilateralista e institucionalista, o “Consenso de Pequim” e a Iniciativa Cinturão e Rota. Uma grande estratégia de longo prazo em torno do objetivo de ascensão pacífica aponta para uma estrutura histórica contra-hegemônica ainda embrionária no governo de Xi Jinping.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos, UNESP

Professor Associado Livre-Docente da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp de Marília. 

Rafael Queiroz Alves

Mestrando em Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp de Marília. 

Downloads

Publicado

2021-12-20

Como Citar

Passos, R. D. F. dos, & Alves, R. Q. (2021). A INCIPIENTE CONTRA-HEGEMONIA CHINESA DURANTE O GOVERNO DE XI JINPING (2013-): : UMA PERSPECTIVA DA ECONOMIA POLÍTICA INTERNACIONAL. Revista Práxis E Hegemonia Popular, 6(9), 191–209. https://doi.org/10.36311/2526-1843.2021.v6n9.p191-209

Edição

Seção

Artigos