O enunciado concreto sobre a avaliação para o cotidiano da escola Egídia Cavalcante Chagas

  • Benedito Francisco Alves
Palavras-chave: Avaliação, Enunciado Concreto, Responsividade

Resumo

O presente artigo é um esforço para compreensão dos discursos que caracterizam a avaliação do rendimento escolar para o cotidiano da escola Egídia Cavalcante Chagas. Com base nas reflexões de Bakhtin (2003) e Bakhtin/Voloshinov (2002), o objetivo é realizar uma reflexão sobre discursos enunciados concretamente por sujeitos que vivenciam a avaliação no contexto de uma escola pública da educação básica. A metodologia de trabalho é a revisão crítica a partir de conceitos como responsividade e enunciado concreto. O trabalho conclui que os discursos materializados como enunciados concretos por professores e alunos da escola Egídia revelam dissonâncias que precisam ser analisadas para que a avaliação seja percebida como parte do processo de ensino-aprendizagem contemporâneo. 

 Submissão: 2018-08-18

Aceito: 2018-12-11

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Benedito Francisco Alves

Mestre (2010) e Doutor (2017), ambos em Linguística Aplicada, pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada do Centro de Humanidades da Universidade Estadual do Ceará. Secretaria da Educação Básica do Ceará – SEDUC/CREDE 10 do Governo do Estado do Ceará.

Publicado
2018-12-24
Seção
Artigos de Pesquisa