A política na sociedade do conhecimento

Autores

  • Odílio Alves Aguiar

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732007000100002

Palavras-chave:

política, sociedade do conhecimento, Manuel Castells

Resumo

O artigo enseja discutir os dilemas e as possibilidades da política na atual configuração societária. Partiremos da definição de sociedade do conhecimento como sociedade em rede apresentada pelo sociólogo Manuel Castells e, em seguida, exporemos os conceitos arendtianos de totalitarismo e ação, importantes para uma reflexão sobre a política nos dias atuais. Abordaremos as implicações da questão judaica na teoria política arendtiana, na qual sobressai uma perspectiva agônica do poder, isto é, o poder não como lugar das forças anônimas, sistêmicas, reprodutoras do status quo, mas de fundação, resistência, civilidade e revelação dos homens como agentes. O pensamento de Hannah Arendt mostra-se fecundo para compreensão das vias de acesso às práticas que repõem, na sociedade do conhecimento, a política na sua significação original.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-01-01

Como Citar

Aguiar, O. A. (2007). A política na sociedade do conhecimento. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 30(1), 11–24. https://doi.org/10.1590/S0101-31732007000100002

Edição

Seção

Artigos e Comentários